Exposição inédita na Bahia integra comemorações dos 50 de carreira de César Romero

Exposição inédita na Bahia integra comemorações dos 50 de carreira de César Romero.
Exposição inédita na Bahia integra comemorações dos 50 de carreira de César Romero.
Exposição inédita na Bahia integra comemorações dos 50 de carreira de César Romero.
Exposição inédita na Bahia integra comemorações dos 50 de carreira de César Romero.

Pela primeira vez na Bahia, o artista plástico, fotógrafo e crítico de arte, César Romero, apresentará trabalhos feitos em papel, durante exposição que integra as comemorações dos seus 50 anos de carreira. A mostra, que compreende 50 desenhos, 50 fotografias e 35 gravuras, será aberta oficialmente no dia 9 de novembro de 2016, às 19h, no Museu de Arte da Bahia (MAB), com entrada livre, e fica disponível para visitação do público até o final do mês.

Apesar de serem expostas somente agora em Salvador, as peças já ganharam o mundo e passaram por diversas capitais do Brasil. Nas obras usando o papel como suporte, a cultura popular nordestina é revivida e valorizada em suas características, tradições e peculiaridades, seja na atmosfera interiorana, nas festas de largo, nas festas juninas, no circo, nas lendas, na religiosidade, dentre outras. Sua identidade cultural, enfim, é de ser baiano, nordestino, brasileiro e universal, como ele próprio gosta de se autodefinir.

A visitação acontece de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h, até dia 30 de novembro. Na abertura, também será lançado o livro A Brasilidade na Pintura de César Romero, escrito pela filósofa e crítica de arte, Mirian de Carvalho, que aborda o universo contemporâneo brasileiro presente na pintura e na arte de César Romero, mergulhando nas influências populares que o artista teve desde a infância, em Feira de Santana, até emergir de forma erudita no enfoque das suas pinturas.

Arte em Papel

A produção artística em suporte, no papel, de César Romero começou com a produção de gravuras, abarcando o período de 1977 a 1988. São litogravuras e serigravuras, em que o público pode apreciar estampas distribuídas nas séries: Imaginárias, Paisagens com Faixas Emblemáticas, Arraias e Faixas Emblemáticas. As obras se espalharam pelo mundo, através das Edições feitas pela Almavera – São Paulo, e pela Imagem – Rio de Janeiro.

No início dos anos oitenta, descobriu os Tamboretes das Festas de Largo da Bahia, e se encantou pelo geometrismo pintado nos banquinhos. No período de 1981 a 1992, o artista reinventa e reproduziu em fotografias 215 imagens. O resultado disso gerou prêmios em Salões de Artes Oficiais e exposições Individuais em São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina e no Distrito Federal.

A expressão de arte através do desenho, na trajetória de César Romero, é mais recente, 2009 a 2015. A primeira exposição ocorreu em 2011 com a série Urdiduras, realizada no Lugar Pantemporâneo. O método usado para desenhar foi através da técnica de marcar o papel com lápis grafite, crayon aquarelavel, acrílica, caneta, nanquim colorido, e transfigurando detalhes de rendas de bilros, das composições de fuxicos, bicos de metro, panos de bandeja e afins.

Os trabalhos feitos com papel por César Romero, ainda inédito na Bahia, constam de fotografia, gravuras e desenhos – todos com o mesmo tema, de sempre divulgar o nordeste brasileiro.

Agenda

Exposição: César Romero – trabalhos sobre papel

Artista: César Romero

Abertura: 09 de novembro de 2016, às 19h

Visitação: de terça a sexta-feira, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h, até 30 de novembro

Local: MAB – Museu de Arte da Bahia (Av. Sete de Setembro, 2331, Vitória)

Lançamento do livro A Brasilidade na Pintura de César Romero

Autora: Mirian de Carvalho

Patrocínio: Frutosdias, Fazcultura e Governo da Bahia

Data: 09 de novembro, às 19h

Local: MAB – Museu de Arte da Bahia (Av. Sete de Setembro, 2331, Vitória)

O livro estará na íntegra online no site www.cesarromero.art.br a partir do dia 09 de novembro de 2016. Duzentos exemplares serão doados para bibliotecas públicas, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBa).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111054 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]