Diárias pagas pelo IFBA aos diretores de campus ultrapassam R$ 180 mil

Relação de diárias pagas aos diretores de campus do IFBA.
Relação de diárias pagas aos diretores de campus do IFBA.
Relação de diárias pagas aos diretores de campus do IFBA.
Relação de diárias pagas aos diretores de campus do IFBA.

A gestão do Instituto Federal da Bahia (IFBA) cancelou reuniões do Conselho Superior da instituição (CONSUP) sob a justificativa de falta de recursos. No entanto, o Instituto tem investido altíssimo em despesas com diárias para os dirigentes de campus, a informação é do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE-IFBA). Segundo o sindicato, para dar uma ideia, somente em 2015, o IFBA gastou cerca de R$ 184 mil em diárias para os diretores. Um dirigente chegou a receber quase R$ 20 mil. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência.

Outro fato que a comunidade tem denunciado, segundo o Sinasefe, é a realização de reuniões do Colégio de Dirigentes (CD) do IFBA, órgão meramente consultivo, em detrimento das reuniões do CONSUP, órgão máximo da instituição. Se não há dinheiro para o Conselho, como há recursos para as reuniões do CD? Questiona o sindicato.

Como estratégia política, a gestão do IFBA tem tentado desarticular o Conselho Superior, pois a oposição ganhou 100% dos cargos titulares na última eleição, o que deixou a Reitoria sem a maioria. Outra manobra do reitor Renato Anunciação foi retirar o Sinasefe – Ifba do CONSUP para reconquistar artificialmente uma maioria rejeitada pela comunidade, denúncia sindicato.

“Queremos que a democracia mostrada nas urnas na eleição para o CONSUP se consume de fato, pois o que a gestão do IFBA tem feito é imoral, arbitrário, antissindical e merece toda a nossa revolta. Não podemos permitir que essas estratégias escusas utilizadas pelo reitor se repitam e o CONSUP enfraqueça. Cabe a cada servidor e ao SINASEFE-IFBA pressionar a gestão para o cumprimento da lei, o tratamento transparente das informações e o respeito ao nosso órgão superior e à democracia”, indica o coordenador geral do Sindicato, Ronaldo Naziazeno.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9610 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).