Salvador: peça Solos Voadores é apresentada no Teatro Molière

Atores da peça teatral Solos Voadores.
Atores da peça teatral Solos Voadores.
Atores da peça teatral Solos Voadores.
Atores da peça teatral Solos Voadores.

Após temporada de estreia dos dois novos Solos Voadores – o infantil com Maira Lins, A Mulher que Matou os Peixes – uma pop-bossa samba ‘n roll, e o adulto com Duda Woyda, O Outro Lado de Todas as Coisas -, a Ateliê Voador Companhia de Teatro leva os espetáculos para pequena temporada no Teatro Molière – Aliança Francesa, em Salvador. O infantil acontecerá nos dias 12, 13 e 20 de novembro, sábado às 16h e domingos às 11h. Já o adulto, nos mesmos dias sempre às 20h.

 Espetáculos

O Outro Lado de Todas as Coisas é uma “dramaturgia de segunda mão”, como define o autor Djalma Thürler, porque surge de uma conjugação de ideias e coisas, gestos, sons, cores, movimentos outros: Foucault, Caio F. e Thürler.

 A plateia poderá ainda conhecer um pouco mais do ator Duda Woyda que, em 2016, completa 15 anos de carreira, dos quais 10 dedicados à Companhia. A montagem marca a estreia dos voadores Rafael Medrado e Marcus Lobo na direção de espetáculos da Companhia.

 A Mulher que Matou os Peixes – uma pop-ópera bossa in roll, com Maira Lins, é um texto originalmente escrito por Clarice Lispector para crianças, em 1968, e traz músicas de Vinicius de Moraes, da obra A Arca de Noé. O espetáculo tem dramaturgia e direção de Djalma Thürler e ganha roupagem de um pequeno musical de câmara, por isso seu subtítulo.

 A peça, que tem direção musical de Roberta Dantas, é um convite a se pensar sobre a importância da cultura para a infância e no movimento da própria vida que é composto de alegrias e tristezas, perdas e ganhos, idas e vindas.

 O texto narra em primeira pessoa a história a morte de dois peixinhos vermelhos, um pretexto para prender o espectador para uma grande viagem por um mundo carregado de humanidade, um jogo delicioso e de extrema sensibilidade para concluir que a falha, o lapso, o erro e o esquecimento são inerentes a homens e mulheres.

 Projeto C

Os dois espetáculos fazem parte do “Projeto C”, que traz um espetáculo baseado em Caio Fernando Abreu e o segundo com texto de Clarice Lispector, ambos exemplos de escritores que se preocuparam em discutir literariamente problemas da experiência humana e conflitos sociais, propondo uma perspectiva singular para a formação e humanização do homem.

Agenda:

12/13 e 20/11/2016 – O Outro Lado de Todas as Coisas (com Duda Woyda) no Teatro Molière – Aliança Francesa, às 20h00

12/13 e 20/11/2016 – A Mulher que Matou os Peixes – uma pop-bossa samba ‘n roll (com Maira Lins), no Teatro Molière – Aliança Francesa às 16:00

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110932 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]