Operação Overbooking: PF cumpre mandados na Bahia em operação que investiga aeródromo Ninho das Águias

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Quatro mandados cumpridos pela Polícia Federal em parceria com a Anac dão seguimento a investigações conduzidas também pelo MPF, que apontam o uso do “Ninho das Águias” para a prática de crimes em Vitória da Conquista.
Quatro mandados cumpridos pela Polícia Federal em parceria com a Anac dão seguimento a investigações conduzidas também pelo MPF, que apontam o uso do “Ninho das Águias” para a prática de crimes em Vitória da Conquista.

A Polícia Federal (PF) cumpriu quatro mandados, na manhã de hoje (17/10/2016), em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, em conjunto com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A Operação Overbooking é uma das etapas das investigações conduzidas pelo Ministério Público Federal (MPF), que indica o aeródromo Ninho das Águias como local utilizado para a prática de crimes.

A PF informou que as investigações mostraram intensa atividade ilícita no período da noite, com pousos e decolagens feitos sem a autorização da Anac, o que reforçou a suspeita de que o espaço seria usado para a prática de crimes.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça Federal, como forma de investigar os crimes cometidos no aeródromo, ilegalmente construído em terreno federal, segundo a PF. Os agentes da polícia estiveram no local e também na residência de quatro investigados: o homem que detém a posse do terreno – identificado como responsável pelas atividades – e três pilotos envolvidos na administração do Ninho das Águias.

O Ninho das Águias fica às margens da BR-263, no povoado Goiabeira, próximo ao aeroporto Pedro Otacílio Figueiredo, em Vitória da Conquista. A área de construção, no entanto, pertence à união, é rural e está localizada no bioma da Mata Atlântica, sem licença ambiental. Além disso, a PF foi informada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária de que os beneficiários originais dos lotes teriam sido expulsos e um homem transferiu o terreno, ilicitamente, a um dos investigados.

Os mandados de busca e apreensão cumpridos serviram para a coleta de materiais que serão utilizados na continuidade das investigações do MPF e da PF, que devem tomar as medidas judiciais adequadas. Como ainda não há uma decisão judicial, a polícia informou que prevalece a presunção de inocência, motivo pelo qual os nomes dos investigados não foram divulgados.

*Com informações da Agência Brasil.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123279 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.