Juiz Sérgio Moro converte prisão do ex-ministro Antonio Palocci em preventiva, sem prazo para soltura

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Para Sérgio Moro, não houve devolução do suposto empréstimo ao Banco Schahin.
Para Sérgio Moro, não houve devolução do suposto empréstimo ao Banco Schahin.
Juiz Sérgio Moro considerou inadmissível o pedido feito pelos advogados de Lula para que a investigação fosse remetida a outro juiz.
Juiz Sérgio Moro considerou inadmissível o pedido feito pelos advogados de Lula para que a investigação fosse remetida a outro juiz.

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, converteu a prisão temporária do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e de seu ex-assessor Branislav Kontic em prisão preventiva, quando não há data definida para que os investigados deixem a cadeia. A prisão temporária dos dois, de cinco dias, vence hoje (30/09/2016).

Moro acatou pedido do Ministério Público Federal (MPF). O órgão também solicitou medidas cautelares para outro assessor de Palocci, Juscelino Dourado, que também foi preso na 35ª fase da Operação Lava Jato. Dourado será solto sob a condição de entregar passaportes, não deixar o país, não deixar sua residência por mais de 30 dias e comparecer a todos os autos do processo.

A conversão da prisão de Palocci e Kontic, segundo o despacho de Moro, foi acatada por haver “boa prova de materialidade e de autoria” de ambos sobre os crimes investigados. Além disso, o juiz federal considerou que a soltura de ambos poderia acarretar em “risco à ordem pública, à aplicação da lei penal e à instrução ou à investigação”.

No despacho, Moro também rebateu a argumentação da defesa de Palocci sobre prisões na semana da eleição. O Código Eleitoral restringe a prisão de eleitores desde cinco dias antes até 48 horas depois do encerramento da eleição. “Ocorre que os investigados já estão presos desde 26 de setembro. A decretação da preventiva na presente data apenas alterará o título prisional, sem alteração da situação de fato”, argumentou o juiz.

Confira publicações sobre o caso Antonio Palocci

Revista Época – PT e PMDB, o consórcio do petrolão

Revista Isto É – Antonio Palocci, de médico modesto a milionário preso

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113896 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]