Tríplice epidemia recua 90% em Feira de Santana

Ações de combate a epidemia surtem efeito.
Ações de combate a epidemia surtem efeito.
Ações de combate a epidemia surtem efeito.
Ações de combate a epidemia surtem efeito.

Em termos absolutos, os números da tríplice epidemia causada pelo mosquito aedes aegypti em Feira de Santana neste ano indicam queda de quase 90% nas notificações, quando comparados ao mesmo período de 2015.

Quando se parte para as particularidades, a maior redução foi registrada entre as notificações da chikungunya. No ano passado, foram 4.110 realizadas notificações da doença. Neste, até o momento, 315, queda de mais de 92%.

As notificações de dengue ficaram na segunda colocação nesta estatística, com 2.725 casos em 2015, contra 453 entre janeiro e agosto, redução de 84% nas notificações.

Os casos de zika vírus neste ano somam apenas 16% do registrado nos primeiros oito meses do ano passado. As notificações caíram de 1.528 casos para 241.

A significativa redução nas notificações está relacionada ao trabalho realizado pela Secretaria de Saúde do município junto à comunidade, no sentido de adotar medidas preventivas.

Se contaminado, o inseto pode transmitir dengue, zika vírus que está associada à microcefalia, mais a chikungunya. A prevenção é a arma mais eficiente para combate-lo.

Em alguns bairros o Índice de Infestação Predial ainda está acima de 1%, que é preconizado como aceitável pelo Ministério da Saúde. No Feira X, por exemplo, foram notificados 24 casos de dengue neste ano.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109781 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]