Ministério Público Federal prorroga trabalhos da Lava Jato por mais um ano

O procurador da República e coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol.

O procurador da República e coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol.

O Conselho Superior do Ministério Público Federal prorrogou por mais um ano os trabalhos força-tarefa da Operação Lava Jato, composta por 11 procuradores federais e que estava marcada para ser dissolvida no próximo dia 8 de setembro.

A decisão foi tomada em sessão ordinária do conselho, realizada na terça-feira (06/09/2016) e presidida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Além dos onze integrantes, compõem a força-tarefa da Lava Jato o procurador Deltan Dallagnol, que comanda os trabalhos, e mais três assistentes. Os trabalhos do grupo tiveram início em abril de 2014. A Operação Lava Jato já teve 33 fases.

Foi prorrogada também a força-tarefa que investiga desvios na Eletronuclear, no âmbito das obras da Usina Nuclear de Angra 3.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]