Ministério Público da Bahia deflagra segunda etapa da ‘Operação Adsumus’; mandados são cumpridos em Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
A Operação Adsumus, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MPBA), investiga um esquema de fraudes em licitações, crimes de peculato e lavagem de dinheiro.
A Operação Adsumus, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MPBA), investiga um esquema de fraudes em licitações, crimes de peculato e lavagem de dinheiro.
A operação, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MPBA), investiga um esquema de fraudes em licitações, crimes de peculato e lavagem de dinheiro.
A operação, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MPBA), investiga um esquema de fraudes em licitações, crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

O Ministério Público do Estado da Bahia deflagrou no início da manhã desta terça-feira (06/09/2016), a segunda etapa da “Operação Adsumus”. Oito mandados de condução coercitiva estão sendo cumpridos nas cidades de Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari para que sejam esclarecidas as atuações dos conduzidos junto às empresas Real Locação, Serv Bahia, Grauthec Construtora Ltda e Oliveira Santana Construções, envolvidas em um esquema irregular de contratação de obras, locação de maquinário e realização de serviços públicos, que causou um dano de mais de R$ 24 milhões aos cofres do Município de Santo Amaro.

A operação, que tem o apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Civil, cumpre ainda mandados de busca e apreensão e tem também o objetivo de conseguir detalhar os trâmites dos procedimentos licitatórios em Santo Amaro e a aferição do poder de gestão dos conduzidos no cenário criminoso.

No último mês de julho, a “Operação Adsumus” descortinou o nascedouro de uma associação criminosa no seio da Secretaria de Obras de Santo Amaro. De acordo com as investigações, os atos ilegais eram executados por agentes públicos, com a participação de empresas privadas, e uma intensa e ilegal movimentação financeira foi desvendada. Elas eram concentradas pelas empresas Grauthec Construtora Ltda/ Oliveira Santana Construções, Serv Bahia Locações de Máquinas e Equipamentos Ltda/Real Locação de Veículos Máquinas e Equipamentos Ltda e Ayres Materiais de Construção Ltda. Os resultados da operação serão apresentados em entrevista coletiva às 10h30, na sede do MP, no bairro de Nazaré

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112944 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]