Lava Jato faz primeira denúncia por cartel de empreiteiras na Petrobras

A força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato denunciou na terça-feira (13/09/2016) oito pessoas ligadas às empreiteiras Queiroz Galvão e Iesa Óleo e Gás pelos crimes de cartel e fraude em licitação. É a primeira denúncia envolvendo integrantes do cartel de empresas que fraudava licitações na estatal.

Na ação, o Ministério Público Federal pede ressarcimento pelos desvios no valor de R$ 105 milhões e US$ 12 milhões para os denunciados ligados à Queiroz Galvão e de R$ 47 milhões, além de US$ 2 milhões, no caso dos envolvidos da Iesa.

De acordo com a denúncia, ex-executivos das empresas fraudaram licitações da Petrobras entre 2006 e 2014. Segundo os procuradores, as apurações mostraram que houve oferecimento e pagamento de propina para ex-diretores da Petrobras que se comprometeram a manter o funcionamento do cartel.

Outro lado

Em nota, a Queiroz Galvão informou que não comenta processos em andamento.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]