Feira de Santana: cardiologista realiza palestra sobre desafios do coração

Médico Joberto Sena palestra sobre cardiologia.
Médico Joberto Sena palestra sobre cardiologia.
Médico Joberto Sena palestra sobre cardiologia.
Médico Joberto Sena palestra sobre cardiologia.

“Desafios do Coração” é o tema da palestra do cardiologista Joberto Sena, diretor do Departamento de Prevenção Cardiovascular (Funcor) da Sociedade Brasileira de Cardiologia Seção Bahia (SBC-BA), nesta quarta-feira (28/09/2016), no auditório da Procuradoria-Geral do Estado da Bahia (PGE-BA), no CAB. Promovido pela Associação dos Procuradores do Estado da Bahia (APEB), o evento faz parte do ciclo de ações de reforço à campanha “Setembro Vermelho – Siga seu Coração”, desenvolvida pelo Instituto Lado a Lado pela Vida e apoiada pela associação. Durante todo o dia, a Vital Med estará na PGE fazendo exames gratuitos de aferição da pressão e, de manhã, de glicemia, que necessita de jejum de oito horas, no mínimo.

Segundo a vice-presidente da APEB, Cristiane Guimarães, diante dos números alarmantes relacionados às disfunções cardiovasculares, a inciativa surge como forma de conscientizar os procuradores e servidores dos riscos e como preveni-los. “As doenças do coração foram responsáveis por mais de três milhões de mortes no Brasil, de 2004 a 2013, segundo a própria SBC. É uma morte a cada 40 segundos. Por isso, decidimos realizar esse debate e abraçar a campanha, que tem como principal objetivo alertar a população sobre os riscos dos problemas cardiovasculares e os cuidados necessários à sua prevenção”, explica.

A palestra será dividida em dois momentos. No primeiro, Joberto traçará um panorama sobre as doenças coronárias, com foco em seus fatores de riscos e nos hábitos saudáveis capazes de evitá-las. Já no segundo, ele fará uma explanação sobre a parada e a ressurreição cardíacas, com orientações de como identificar e agir, nos primeiros momentos, quando alguém estiver tendo uma parada cardíaca. “A recomendação é informar e difundir o conhecimento com o objetivo de organizar o atendimento de forma lógica e efetiva numa sequência conhecida como corrente de sobrevivência”, comenta o cardiologista.

“A corrente de sobrevivência envolve o reconhecimento rápido da vítima de parada cardíaca e a ativação imediata do sistema médico de emergência, além da realização de manobras de reanimação precoce com ênfase nas compressões torácicas; desfibrilação precoce; suporte avançado precoce e cuidados integrados pós-parada cardiorrespiratória”, diz o cardiologista, acrescentando que “será uma oportunidade de discutir de forma interativa os temas”.

Doenças cardiovasculares em números

– As doenças cardiovasculares (DCV`s) afetam, anualmente, no Brasil, cerca de 17,1 milhões de vida.  São registradas no país 300 mil mortes todos os anos em decorrência destas doenças, que podem se manifestar, principalmente, como infartos, derrames e mortes súbitas.

– Quase metade dos que morrem devido a doenças cardiovasculares estão no período mais produtivo da vida – entre 15 e 69 anos de idade.

– Pelo menos, 80% das mortes prematuras podem ser evitadas por meio de dieta saudável, atividade física regular, restrição ao tabaco e ao álcool e pelo controle efetivo da pressão arterial.

– A pressão alta é o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares. Cerca de 80% das pessoas que sofrem derrame são hipertensas. 40% e 60% dos pacientes com infarto apresentam hipertensão associada.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111104 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]