Paulo Sergio Pinheiro assina o manifesto. “Tratar a política como crime e os políticos como criminosos é uma demonstração preocupante de ignorância”, avaliam intelectuais em documento.
Caso Lava Jato

Intelectuais emitem manifesto contra autoritarismo jurídico protagonizado no esquema da força-tarefa do Caso Lava Jato, com uso seletivo e partidarizado de criminalização da política

Face às últimas ações do sistema judiciário brasileiro, em especial o desenrolar da operação Lava Jato atacando um partido específico na véspera das eleições municipais, um grupo de intelectuais, acadêmicos, ex-ministros e escritores criou um