179 anos Colégio Estadual da Bahia – Central é comemorado com visita do secretário estadual Walter Pinheiro

Secretário Walter Pinheiro visita Colégio Central da Bahia em comemoração aos 179 anos de fundação.

Secretário Walter Pinheiro visita Colégio Central da Bahia em comemoração aos 179 anos de fundação.

Nas comemorações pelos 179 anos, nesta terça-feira (06/09/2016), o Colégio Estadual da Bahia – Central, a primeira escola pública de Ensino Médio do Estado, localizado no bairro de Nazaré, recebeu a visita do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro. Durante a visitação, o secretário percorreu as dependências da unidade, guiado por professores e estudantes, que apresentaram a história do local, e conversaram sobre demandas da comunidade escolar.

“É muito importante estar conhecendo a realidade do Central, uma escola histórica e referência na educação do Estado. Sabemos que possui um grande acervo que faz parte da memória da Bahia e vamos fazer um grande esforço para mantê-lo. Fico animado também em ver o trabalho dos gestores, pois aumenta o nosso compromisso para que realizemos ações transformadoras na unidade”, destacou o secretário Walter Pinheiro.

Para a diretora Rosenilda Mesquita, a visita do secretário mostra “que há um compromisso em ouvir as demandas da unidade e, com certeza, trabalhar para melhorar a educação”, comentou. Ela disse ainda que a comunidade escolar ficou surpresa e feliz, “pois a iniciativa partiu do secretário, que entrou em contato querendo visitar a escola. Foi um grande presente para o aniversário do Central”, comentou.

Durante a apresentação da história dos pavilhões, a estudante do 1º ano Eva Karine, 17, disse que o colégio tem uma história formada por professores e estudantes ilustres, como Glauber Rocha, Calasans Neto, Elsimar Coutinho e Carlos Marighella. “Por isso é fundamental mantermos essa história viva, valorizando e incentivando que novos alunos surjam de dentro das nossas salas de aula”, disse.

Pelo Colégio Central passaram professores ilustres, como o padre Doutor Antônio Joaquim das Mercês, Luiz Vianna Filho, Edgar Santos, Severino Vieira e Carlos Corrêa de Menezes Sant´Anna.

A história do Central foi responsável pelo interesse do estudante do 1º ano, Samuel Teixeira ingressar na unidade. “Tenho uma tia que sempre me fazia referência do colégio. Por isso decidi me matricular esse ano na escola. Atualmente sou líder de classe e quero contribuir para transformar o colégio novamente em referência de ensino na Bahia”, diz entusiasmado.

Centro Juvenil – Em sua passagem pelo Central, Pinheiro também visitou o Centro Juvenil de Salvador, localizado no Pavilhão Dalva Matos, onde conferiu alguns cursos e oficinas oferecidos pela unidade, entre eles o Game Design, Papéis Interativos, Sala de Leitura, Piloto Virtual, Giro da Física e Robótica.

Os Centros Juvenis são espaços dedicados à educação complementar, ao lazer criativo, à interação social, ao conhecimento tecnológico, à ciência e a tantas outras formas de saber que ultrapassam o conhecimento convencional, ampliando o acesso da juventude baiana às temáticas contemporâneas. Oportunizam também que os estudantes descubram sua vocação profissional a partir das experiências vivenciadas. Para atender a 11 mil estudantes, em 2016, o Estado conta com Centros Juvenis em Salvador, Senhor do Bonfim, Itabuna Barreiras e Vitória da Conquista.

Confira imagens da visita do secretário

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]