UFRB recebe nota 4 em avaliação de recredenciamento pelo Inep/MEC

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) obteve o conceito 4.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) obteve o conceito 4.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) obteve o conceito 4, numa escala em que a nota máxima é 5, na avaliação de recredenciamento feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). A nota foi conhecida na quarta-feira, dia (17/08/2016), por meio de relatório que integra o processo de avaliação externa da instituição junto ao Ministério.

No período de 10 a 12 de agosto, o campus de Cruz das Almas recebeu a visita in loco da Comissão de Avaliação constituída por três membros do Inep. Na abertura dos trabalhos, os avaliadores se reuniram com representantes da Administração Central e dos demais centros de ensino da UFRB. A programação incluiu também reuniões com o corpo técnico-administrativo, docentes, alunos e membros da Comissão Própria de Avaliação (CPA). Os avaliadores ainda visitaram as instalações da universidade, como salas de aula, laboratórios, salas de professores, espaços administrativos, entre outros.

A avaliação externa é um dos eixos que compõem o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e contempla cinco eixos, que recebem notas podendo variar de 0 a 5, quais sejam: desenvolvimento institucional, planejamento e avaliação institucional, políticas acadêmicas, políticas de gestão e infraestrutura física. Os avaliadores afirmaram em relatório que “considerando a análise dos indicadores dos cinco eixos e os requisitos legais, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia apresenta um perfil MUITO BOM de referencial de qualidade”.

Para o reitor da UFRB, Silvio Soglia, este resultado coloca a Federal do Recôncavo numa condição de instituição muito bem conceituada no âmbito do sistema público de ensino. “Certamente que este não é o ponto máximo que podemos atingir, ainda temos muitos desafios pela frente, mas esta avaliação já nos deixa cientes de que estamos trilhando o caminho da qualidade acadêmica e da referência social”, afirmou. Em sua opinião, o recredenciamento é também uma oportunidade de autoconhecimento e avaliação das diversas dimensões institucionais.

A pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação, Rosineide Mubarack, definiu como um momento privilegiado de aprendizagem e avaliação institucional. “Tal processo de avaliação fez o reconhecimento das políticas de ensino-pesquisa-extensão e ações afirmativas realizadas nos 10 anos da UFRB, cujos resultados instigam a consolidação da cultura da autoavaliação em prol do aprimoramento dos processos e a tomada de decisão institucional”, disse a pró-reitora, que presidiu a comissão instituída pela Administração Central para coordenar e organizar as demandas relacionadas com o processo de recredenciamento da instituição.

Recredenciamento

Refere-se ao ato que permite o funcionamento de uma instituição de ensino superior e a oferta de cursos após 10 anos de atuação. Fundamentado na articulação entre a autoavaliação e a avaliação externa, tem por objetivo contribuir para o autoconhecimento e aperfeiçoamento das atividades desenvolvidas pela instituição, levando em consideração o importante princípio do respeito à diversidade e à identidade institucional.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]