Operação da Draco Bahia captura advogada que atuava em organização criminosa, informa SSP

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sede da Polícia Civil da Bahia em Salvador.

Policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado da Bahia (Draco) prenderam, na tarde desta terça-feira (30/08/2016), a advogada Rebeca Cristine Gonçalves dos Santos. Além de defender judicialmente o traficante e homicida (pelo menos, 18 assassinatos confirmados) Claudomiro Santos Rocha Filho, conhecido como ‘Nicão’, era também a atual companheira do criminoso e atuava diretamente na organização criminosa. Rebeca foi presa quando saía do Fórum Criminal de Sussurarana sem qualquer tipo de resistência, revela a  Secretária Estadual de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP Bahia).

Com mandado de prisão preventiva já expedido, a advogada atuava em conjunto com Nicão, ex ‘Sete de Copas’, do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, preso no dia 13 de agosto de 2016. O grupo é responsável pela comercialização de drogas e prática de homicídios, dentre outros crimes em Camaçari e no bairro da Boca do Rio, em Salvador.

“Temos elementos suficientes de como essa quadrilha agia. Outros componentes dessa organização criminosa estão identificados e com mandados de prisão solicitados”, declarou o diretor do Draco, Jorge Figueiredo, acrescentando que um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa da advogada.

Ouvida na sede do Draco (estrutura na Pituba, que abriga também o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), Rebeca será indiciada por tráfico de drogas, associação ao tráfico e lavagem de dinheiro. Nicão e Jéferson da Silva Pereira, ambos integrantes da quadrilha e custodiados no Complexo Penitenciário de Mata Escura, também possuíam mandados de prisão e responderão a mais esses crimes.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113585 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]