Salvador: obras de requalificação do Centro Histórico melhoram infraestrutura do Pelourinho

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Pelourinho, centro histórico de Salvador.
Pelourinho, centro histórico de Salvador.
Pelourinho, centro histórico de Salvador.
Pelourinho, centro histórico de Salvador.

Um dos principais cartões-postais de Salvador, o Pelourinho passa por diversas intervenções do Governo do Estado com o objetivo de reverter o forte processo de degradação vivido nas últimas décadas. Por meio do Projeto Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador, o bairro, que tem sua história intimamente ligada à história da capital baiana, já conta com vias pavimentadas, sistema de drenagem, iluminação ampla e calçadas recuperadas e equipadas com itens de acessibilidade. Um contexto novo para quem frequenta o local. “Muitos lugares já foram recuperados. Colocaram as pedras onde faltavam. Só no Terreiro de Jesus, agora temos seis rampas de acesso. Antes só tínhamos duas”, diz o vendedor ambulante Reinaldo Sales.

O Pelô reúne uma vasta riqueza histórica e cultural. No local, baianos e turísticas podem ter acesso a igrejas, artesanato, além de casarões antigos, com arquitetura colonial barroca portuguesa preservada e integrante do Patrimônio Histórico da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Com a modernização do Centro Histórico, atividades econômicas já começam a ganhar força novamente. “A reforma das ruas é importante para o turísmo e também para a nossa cidade”, ressalta o guia turístico, Edvaldo Macedo.

Em resumo, as intervenções no Pelourinho já proporcionam qualidade de vida aos moradores e prosperidade aos comerciantes. A nova realidade do bairro pode ser conferida em mais um vídeo da série ‘Pelas Ruas’, produzida pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113514 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]