Desembargador Baltazar Miranda Saraiva apresenta Moção de Pesar pelo falecimento do ex-procurador Carlos Lucena

Carlos Antônio de Moraes Lucena atuou como procurador-geral do município de Feira de Santana por 19 anos.

Carlos Antônio de Moraes Lucena atuou como procurador-geral do município de Feira de Santana por 19 anos.

O desembargador Baltazar Miranda Saraiva apresentou, hoje (08/07/2016), em sessão plenária do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Moção de Pesar pelo falecimento de Carlos Antônio de Moraes Lucena, ex-procurador-geral do Município de Feira de Santana.

Confira o teor da Moção de Pesar

Sra. Presidente

Srs. Desembargadores

No dia 08/07/2016, o mundo jurídico baiano ficou diminuído com o falecimento do eminente ex-procurador-geral Carlos Antônio de Moraes Lucena.

Dizer do importante papel desempenhado por esse ilustre jurista é dizer o que todos sabemos.

A noção de “papel”, muito usada na sociologia contemporânea, já era conhecida por nossos antepassados, mesmo no sentido moderno do desempenho pessoal daqueles que, de forma ética, independente, aguçado senso de justiça e reiterada crença em um mundo mais justo, cumpriram o roteiro que o destino lhes traçou.

Segundo Antônio Ribeiro de Liz Teixeira, em sua obra CURSO DE DIREITO CIVIL PORTUGUÊS, o mundo jurídico é um teatro onde cada pessoa representa vários papéis, e que em apenas uma delas são reunidos os que representam o conjunto desses papéis particulares, ou seja, a representação social do indivíduo.

CARLOS ANTÔNIO DE MORAES LUCENA foi uma dessas pessoas, cuja partida nos deixou saudades e um extraordinário legado, que, com toda certeza, jamais serão olvidadas.

Homem de caráter, de fino trato e de imensa humildade, foi – sem dúvida-, um paradigma para todos nós.

Carlos Lucena foi considerado uma personalidade de destaque na comunidade de Feira de Santana, tendo ocupado o cargo de procurador-geral do Município de Feira de Santana, de 1994 a 23 de dezembro de 2013. Além da atividade pública, mantinha intensa atividade social, participando como membro da Maçonaria, na condição de ex-vice presidente do Tribunal de Disciplina Ética e Eleitoral ; e como rotariano, tendo ocupado o cargo de ex-governador do Rotary.

CARLOS ANTÔNIO DE MORAES LUCENA nos brindou com exemplos de sua própria vida, deixando-nos com imensas saudades por uma partida ainda precoce, mas que, por decisão divina, determinada pelo destino. Mesmo assim subiu aos céus acompanhado de anjos.

Aprovada esta MOÇÃO, seja a mesma encaminhada aos familiares do ilustre homenageado e à Grande Loja Maçonica do Estado da Bahia.

Sala das Sessões, 08 de julho de 2016

Baltazar Miranda Saraiva

Desembargador

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]