PF conclui inquéritos do Caso Lava Jato; deputado federal e um ex-assessor foram indiciados

O Poder Judiciário autorizou a Polícia Federal (PF) a executar pelo menos 45 mandados de condução coercitiva nos primeiros 64 dias de 2016.
O Poder Judiciário autorizou a Polícia Federal (PF) a executar pelo menos 45 mandados de condução coercitiva nos primeiros 64 dias de 2016.

A Polícia Federal encerrou na última quarta-feira (01/06/2016) o inquérito 3984 do Supremo Tribunal Federal, instaurado no âmbito da Operação Lava Jato. Ele apura eventual envolvimento de pessoas, com prerrogativa de foro em crimes de corrupção e desvio de recursos, ocorrido na Diretoria de Abastecimento da PETROBRAS.

Foram identificados indícios de autoria e materialidade pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Um deputado federal e um ex-assessor foram indiciados pela PF.

O indiciamento ocorreu ad referendum do ministro Teori Zawascki. Ele é decorrente das provas colhidas no decorrer da investigação, especialmente da análise de dados referentes ao afastamento do sigilo bancário e fiscal, além de prova testemunhal, documental e relatórios de inteligência.

O relatório conclusivo do inquérito foi encaminhado ao STF na própria quarta-feira (1), juntamente com todo o material produzido no decorrer das investigações.

Ao todo, 14 inquéritos da Lava Jato que tramitam nos tribunais superiores já foram relatados pela Polícia Federal. Outros 31 inquéritos ainda estão sendo conduzidos pela equipe de policiais federais que compõem o Grupo de Inquéritos do Supremo Tribunal e Superior Tribunal de Justiça– GINQ, que atua exclusivamente nos inquéritos que tramitam no STF e no STJ.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109955 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]