Desenvolvida pela Meio Comunicação, campanha publicitária do Jornal Grande Bahia provoca: ‘Você quer uma opinião’

Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.

Com o tema ‘Você quer uma opinião’, a Meio Comunicação e Marketing, dirigida por Marcelo Carvalhal de Oliveira, desenvolveu campanha publicitária para o Jornal Grande Bahia, que é veiculada no mês de junho de 2016, em diversos pontos da cidade de Feira de Santana, através do uso da mídia outdoor, de propriedade da empresa Preserv.

Sobre o tema da campanha — ‘Você quer uma opinião’, Jornal Grande Bahia, ‘Sua opinião é pública’ — Marcelo Carvalhal revela que ela objetivou despertar a curiosidade e a imaginação do público. Ele diz que a campanha demarca a posição crítica do veículo de comunicação, com uma frase, que no primeiro momento repete a ideia de uma pergunta, mas, que na verdade é uma afirmação.

— A afirmação ‘Você quer uma opinião’ provoca as pessoas a perceber que a imagem do personagem que ilustra a campanha (uma pessoa pedindo silêncio), não condiz com a frase usada na peça publicitária. A frase provoca as pessoas a refletir sobre a necessidade de receber opiniões. Enquanto a imagem do personagem reflete a imposição do silêncio. — explica o diretor da Meio Comunicação.

Marcelo Carvalhal relata, também, que a campanha é resultado de pesquisa qualitativa desenvolvida pela equipe de publicitários da agência.

— Ao analisar pesquisa qualitativa, concluímos que o Jornal Grande Bahia é uma fonte de discussão, de obtenção de opiniões, conceitos e informações sobre a sociedade e o meio ambiente. A pesquisa indicou que o veículo de comunicação é uma fonte consolidada e referenciada, e que o jornal online é acessado por pessoas que desejam receber informações e opiniões qualificadas e, com isso, formar a própria opinião crítica. Adquirindo, através do jornal, o conhecimento necessário sobre relevantes temas que afetam a polis e a humanidade. — expressa Marcelo Carvalhal.

O publicitário avalia que setores da sociedade, detentores do poder, querem suprimir a possibilidade de o cidadão formar uma opinião consciente e crítica. Mas, pondera que esse trabalho, de despertar a consciência crítica, tem sido desenvolvido pelo Jornal Grande Bahia ao longo dos anos, e que isso tem contribuído para quebrar o paradigma da informação sem opinião.

— Observamos que os detentores de poder da sociedade desejam que ela continue ignorante com relação aos diversos aspectos que afetam a vida na comunidade. Eles desejam que a sociedade continue a se manter na cômoda posição de receptores da informação, sem despertar à consciência crítica para os fatos e situações que afetam a dinâmica da vida. O Jornal Grande Bahia, através da direção do cientista social Carlos Augusto, vai na contraordem estabelecida e provoca os cidadãos a refletirem e criticarem. — pondera Marcelo Carvalhal.

O publicitário conclui as explicações destacando o uso do preto na campanha, como a negação da informação crítica que afeta a sociedade brasileira. Mas, pondera quer esse cenário tem sido modificado pelo trabalho desenvolvido por veículos de comunicação como o Jornal Grande Bahia. Por fim, Carvalhal cita a participação, no desenvolvimento da campanha publicitária, do membro da equipe de criação da Meio Comunicação Robelio Junior.

Confira imagens da reportagem

Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião', veiculada em outdoor, em junho de 2016.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Marcelo Carvalhal de Oliveira, diretor da Meio Comunicação e Marketing.
Marcelo Carvalhal de Oliveira, diretor da Meio Comunicação e Marketing.
Robelio Junior, membro da equipe de criação da Meio Comunicação e Marketing.
Robelio Junior, membro da equipe de criação da Meio Comunicação e Marketing.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Campanha publicitária do Jornal Grande Bahia com o tema ‘Você quer uma opinião’, veiculada em junho de 2016, em Feira de Santana.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9613 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).