Salvador: Chat Noir Blues Band apresenta show com tema da ‘Belle Époque’

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Cartaz anuncia show da 'Chat Noir Blues Band'.
Cartaz anuncia show da 'Chat Noir Blues Band'.
Cartaz anuncia show da 'Chat Noir Blues Band'.
Cartaz anuncia show da ‘Chat Noir Blues Band’.

A Chat Noir Blues Band possui estética estruturada no cabaré parisiense de fins do século XIX, de mesmo nome, o primeiro a que se tem registro. Era o local onde escritores, poetas, músicos e pintores se encontravam para fazerem suas demonstrações artísticas e discutirem temas que a sociedade da ‘Belle Époque’ classificava como imorais.

O show, apresentado pela banda, tem referências clássicas que permeiam, também, o Rock, o Soul e tendo como inspiração os trabalhos de Wilson Pickett, Aretha Franklin, BB King, Eric Clapton, Etta James e Stevie Wonder, a Chat Noir Blues Band também faz releituras de hits bastante tocados atualmente de nomes como Amy Winehouse, Marilyn Manson, Duffy, Ellie Goldin e Meghan Trainor.

Segundo a produção da banda, a intenção é trazer para a contemporaneidade a mesma sensação que tinham os frequentadores de cabarés na década de 1940, quando houve o apogeu desse tipo de estabelecimento. Portanto na prática, a banda moderniza antigos sons e transporta os novos para a realidade da época.

A produção da Chat Noir Blues Band destaca que o trabalho musical é desenvolvido por sentimento de época, e que o show provoca reação positiva do público.

A banda é composta pela vocalista Ellen Carvalho, os músicos Ronie Menezes, Renato Coelho e Francisco Moreira Filho, e as backing vocals Adriele Alexandrino, Renata Barros e Thaís Nascimento sobem ao palco caracterizados como personagens típicos do ambiente.

O show ocorre nesta quinta-feira, dia 19 de maio de 2016, às 21h, no Q’hora Pub Music, que fica no Rio Vermelho e a entrada é franca.

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).