Revolução dos Cravos: brasileiros em Lisboa fazem ato de apoio a Dilma Rousseff

Ato pró Dilma Rousseff ocorreu em Lisboa, Portugal.
Ato pró Dilma Rousseff ocorreu em Lisboa, Portugal.
Ato pró Dilma Rousseff ocorreu em Lisboa, Portugal.
Ato pró Dilma Rousseff ocorreu em Lisboa, Portugal.

Portugal comemora hoje (25/04/2016) feriado nacional da Revolução dos Cravos, com desfile na Avenida da Liberdade, na tarde desta segunda-feira. Cerca de cem brasileiros participarão do desfile, num ato a favor da presidenta Dilma Rousseff e da democracia.

Igor D’Angelis, de 29 anos, doutorando em Ecologia Humana, vive em Lisboa e é um dos coordenadores da manifestação. A Frente Democrática Brasileira de Lisboa, organizada pelo coletivo Andorinha, lançou um manifesto em que afirma ser um grupo suprapartidário, formado por brasileiros e estrangeiros em defesa da democracia. “Junto com a Casa do Brasil, organizamos uma marcha pela democracia e vamos descer hoje [a Avenida da Liberdade] junto com o desfile da Revolução dos Cravos. A gente quer que ela [Dilma] fique no poder”, disse Igor.

Segundo Igor, o coletivo originou-se da necessidade de refletir criticamente sobre a atual situação política que o Brasil enfrenta. “É preciso que a comunidade portuguesa saiba que o que está em causa no Brasil é uma tentativa de golpe de Estado disfarçada de destituição”, diz o manifesto.

O grupo, que conta com 160 participantes em sua página do Facebook, reuniu-se pela primeira vez no dia 18 de março no Largo de Camões, quando aproximadamente cem pessoas compareceram para protestar. Igor contou à Agência Brasil que o ato foi organizado a partir do “boca a boca” e que, durante a discussão, os participantes perceberam a necessidade de se criar o coletivo.

O estudante afirmou também que a ideia é manter o coletivo sempre ativo e propiciar discussões sobre a democracia. “Mesmo depois de passarmos por este momento turbulento, nos manteremos sempre críticos, inclusive com o governo do PT.”

Portugal é um dos países europeus com mais brasileiros residentes – cerca de 100 mil, segundo as estatísticas oficiais.

Revolução dos Cravos

A Revolução Dos Cravos foi o movimento que derrubou o regime salazarista em Portugal, em 1974. Após o golpe militar de 1926, Antônio de Oliveira Salazar estabeleceu uma ditadura no país inspirada no fascismo italiano, cujas liberdades de reunião, de organização e de expressão foram suprimidas, com a Constituição de 1933.

Em 1968, o ditador sofreu um derrame cerebral e foi substituído pelo ex-ministro Marcelo Caetano, que deu continuidade à política. O país passava por uma decadência econômica que provocou descontentamento da população e das Forças Armadas, que levou a um movimento contra a ditadura.

No dia 25 de abril de 1974, explodiu a revolução. Os militares depuseram Marcelo Caetano. A população saiu às ruas para comemorar o fim da ditadura de 48 anos e distribuiu cravos, a flor nacional, aos soldados rebeldes em forma de agradecimento, dando origem ao nome Revolução dos Cravos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116882 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.