Eleições 2016 – Feira de Santana: vereador Pablo Roberto deixa PMDB e ingressa no PHS; partido se torna segunda maior bancada da Câmara e declara apoio à reeleição de José Ronaldo

Vereadores Pablo Roberto e Reinaldo Miranda unem forças para disputar as eleições de 2016.

Vereadores Pablo Roberto e Reinaldo Miranda unem forças para disputar as eleições de 2016.

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), Reinaldo Miranda (Ronny), atraiu para o Partido Humanista da Solidariedade (PHS) Pablo Roberto Gonçalves da Silva, vereador mais votado no pleito de 2012. Com o ingresso de Pablo Roberto, o PHS passa a contar com quatro vereadores, se tornando a segunda maior bancada na Câmara. A primeira é o Democratas, partido do prefeito José Ronaldo.

Somados as votações dos vereadores do PHS, nas eleições de 2012, alcançam o total de 21.419 votos. Caso repitam a mesma votação nas eleições de 2016, dois vereadores estarão com mandatos garantidos. Nesse contexto, o desafio do partido é atrair novos quadros e legendas partidárias com a finalidade de ampliar o total de votos no pleito de 2016.

Insatisfação com o PMDB

O vereador Pablo Roberto explicou que a saída do PMDB para o PHS ocorreu em função da tomada de postura interna do partido em Feira de Santana. Na avaliação do vereador, a projeto do PMDB para as eleições de 2016 comprometia a possibilidade de reeleição. Ele explicou que sendo o único vereador da legenda, seria necessário um esforço para ampliar a participação do PMDB na Câmara, mas as ações estavam indo no sentido contrário.

Em Feira de Santana, o partido é dirigido pelo ex-deputado federal Colbert Martins Filho. Na eleição de 2012, o PMDB não conseguiu eleger vereador. Para as eleições de 2016, parece não dispor de nomes competitivos. Nesse cenário, é provável que o PMDB fique sem representatividade, mais uma vez, e o espaço que detém no governo municipal fique reduzindo em um possível novo governo Ronaldo.

Apoio ao prefeito

Ao Jornal Grande Bahia, o vereador Reinaldo Miranda afirmou que o partido vai apoiar a reeleição do prefeito José Ronaldo e seguir dando sustentação ao governo. Questionando quanto a formação de um bloco partidário único (Blocão), formado pelos vereadores que apoiam o governo do Democratas, Ronny inferiu que persiste na ideia, mas que trabalha, também, com outras alternativas.

Presidente do PHS municipal e vice-presidente estadual da legenda, Reinaldo Miranda destacou o interesse manifesto pelo vereador Ewerton Carneiro da Costa (Tom) em coligar o PEN, com o PHS. Ele avalia que é provável que outros partidos sejam atraídos para a coligação proporcional.

Ronny conclui explicando a nova composição do PHS: Pablo Roberto assume a liderança do partido na Câmara; Robeci da Vassoura, a vice-presidência municipal; e Antonio Rodrigues Pereira (Tonhe Branco) passa a ocupar cargo na executiva municipal.

Confira as votações dos membros do PHS e PEN nas eleições de 2012

Pablo Roberto obteve, em 2012, 7.592 votos. Ele foi eleito pelo PT, migrou para o PMDB, e vai concorrer à reeleição, em 2016, através do PHS.

Reinaldo Miranda (Ronny) obteve, em 2012, 7.297 votos. Ele foi eleito pelo PSDB, migrou para o PHS, e vai concorrer à reeleição, em 2016.

Antonio Rodrigues Pereira (Tonhe Branco) obteve, em 2012, 3.654 votos. Ele foi eleito pelo PSC, migrou para o PHS, e vai concorrer à reeleição, em 2016.

Robeci da Silva Lima (Robeci da Vassoura) obteve, em 2012, 2.876 votos. Ele foi eleito pelo PSC, migrou para o PHS, e vai concorrer à reeleição, em 2016.

Ewerton Carneiro da Costa (Tom) obteve, em 2012, 3.422 votos, através do PTN. Ele ficou na suplência, ocupou mandato de vereador, mudou para o PEN e vai tentar ser eleito em 2016.

Leia +

Eleições 2016 – Feira de Santana: Ewerton Carneiro anuncia que PEN fará coligação com PHS e que permanecerá apoiando José Ronaldo

Eleições 2016 – Feira de Santana: Ewerton Carneiro descarta participar da chapa formada por vereadores governistas

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]