CPI do Assassinato de Jovens vai apresentar relatório final em audiência pública; Comissão é presidida pela senadora Lídice da Mata

Senadora Lídice da Mata preside comissão que investiga assassinato de jovens.
Senadora Lídice da Mata preside comissão que investiga assassinato de jovens.
Senadora Lídice da Mata preside comissão que investiga assassinato de jovens.
Senadora Lídice da Mata preside comissão que investiga assassinato de jovens.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que investiga o assassinato de jovens, presidida pela senadora Lídice da Mata (PSB-BA), aprovou nesta terça-feira (12/04/2016) requerimento que prevê a realização de audiência no próximo dia 26 de abril para apresentar o relatório dos trabalhos da Comissão. O relator, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), está em fase de finalização do seu parecer com análise dos trabalhos da CPI e apresentação de propostas.

Para a audiência do dia 26  serão convidados integrantes de instituições que participaram dos debates durante as investigações da CPI. Para acompanhar a apresentação do relatório serão convidados ministros de Estado; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot; representantes de entidades de defesa dos direitos dos jovens, dos negros, das mulheres, professores, jornalistas e familiares de jovens assassinados.

Lídice da Mata, que preside a CPI, acredita que o relator vai apontar caminhos para fortalecer as políticas públicas que buscam a prevenção da violência, além de propor medidas para aprimorar os autos de resistência, descriminalizar drogas leves e combater o tráfico de drogas.

O senador Lindbergh Farias destaca que o Brasil é um dos países com indicadores mais elevados de homicídios de jovens, figurando como recordista no mapa mundial da violência. Uma das conclusões da CPI é a ausência de dados qualificados para que seja possível realizar um diagnóstico preciso da situação e propor medidas efetivas de enfrentamento do problema.

A CPI do Assassinato de Jovens foi instalada em maio de 2015. Desde então, realizou 29 audiências públicas e reuniu mais de 200 especialistas, acadêmicos, organizações da sociedade civil, parlamentares, órgãos públicos e familiares de vítimas para discutir o tema.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116735 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.