Policiais Civis da Bahia lançam campanha para reivindicar ‘Salário de Nível Superior’

Plenária dos policiais civis da Bahia.
Plenária dos policiais civis da Bahia.
Plenária dos policiais civis da Bahia.
Plenária dos policiais civis da Bahia.

Escrivães e  Investigadores da Polícia Civil do Estado da Bahia se reuniram em Assembleia na manhã desta sexta-feira( 26/02/2016), no auditório da Associação dos Funcionários Públicos, localizada no centro da capital baiana, para lançar a campanha “Pelo Salário de Nível Superior!” ao Governo do Estado, de acordo com a Lei Orgânica ( nº 11.370/2009 ) que rege os Policias Civis baianos.

Durante a Plenária, a categoria aprovou algumas propostas de mobilização que terão o objetivo de sensibilizar a sociedade e pressionar o Governador a sancionar o Projeto-Lei que solicita o enquadramento da tabela salarial: criar Comitê Estadual da campanha para negociar e dialogar com o Governo;  realizar visitas mensais às CORPINS para instalar Comitês Regionais; manter as audiências na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa; promover atividades de entretenimento nas áreas de esporte, lazer e cultura como forma de mobilizar a categoria; promover eventos de caráter humanitário como doação de sangue, cestas básicas, livros para orfanatos e realizar panfletagens em locais de elevada circulação. A Plenária decidiu que o primeiro ato político da campanha será a realização de uma carreata dos policias civis que sairá da Piedade em direção à Governadoria com carros de som, faixas e apitos.

O Coordenador da campanha, Ary Alves, enfatizou que a Assembleia elegeu uma Comissão Mista Estadual que irá ficar responsável em dialogar e negociar com o Governador Rui Costa o projeto de enquadramento dos investigadores e escrivães na tabela de nível superior em concordância com a Lei Orgânica da Polícia Civil do Estado.

“Precisamos que o Governo acabe com a discriminação e a disparidade salarial existente dentro da Policia Civil baiana. É inaceitável que o Perito Criminal receba o salário de nível superior e o governo continue pagando o salário equivalente ao nível médio aos escrivães e investigadores. Não aceitamos continuar como os primos pobres da Polícia Civil baiana!”, destacou o investigador  Ary Alves, frisando que no último Concurso Público realizado  já foi exigido dos candidatos o diploma de nível superior.

Outra aspecto abordado por Alves foi a autonomia e independência política da campanha. O investigador salientou que os profissionais que estiveram presentes na assembleia não querem que a categoria seja representada pelo SINDPOC e nenhum outro sindicato.  “Eles não possuem mais legitimidade para negociar com Governo na condição de representantes dos escrivães e investigadores ”, ressaltou  Alves, lembrando que na última plenária  promovida pelo Sindipoc apenas 37 servidores compareceram ao evento.

O investigador Kleber Rosa também destacou o caráter autônomo e independente da campanha. “Nós estamos lutando por uma pauta que vai ajudar muito a melhorar a condição de vida dos escrivães e investigadores! Não queremos atrelar nossa campanha a nenhum sindicato e partido político!”, pontuou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120656 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.