Não assinar carteira de trabalhador doméstico vai render multa

Não assinar carteira de trabalhador doméstico vai render multa

É cada vez menor o interesse de mulheres jovens pelo trabalho doméstico.

São Paulo – O MPT-RJ (Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro) entrou com ação civil pública pedindo que todos os selecionados para o programa de trabalho voluntário da Fifa para a Copa do Mundo sejam contratados com carteira de trabalho assinada. Foto Rafael Neddermeyer/ Fotos Publicas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário