TJBA: Comunidade de Rio Real comemora inauguração de nova sede do fórum da comarca

Este é o sexto fórum entregue pelo presidente Eserval Rocha em pouco mais de um mês.

Este é o sexto fórum entregue pelo presidente Eserval Rocha em pouco mais de um mês.

Comunidade da comarca de Rio Real, a 176 quilômetros de Salvador, comemorou nesta segunda-feira (25/01/2016) a entrega pela Presidência do Tribunal de Justiça da Bahia, das novas instalações do fórum.

A antiga sede da Justiça da comarca funcionava em um prédio histórico, construído em 1850 para a residência de um padre, e que foi adaptado ao longo dos anos. Na década de 30, do século passado, por exemplo, foi o forte de resistência à invasão de Lampião.

O tribunal investiu R$ 2,1 milhões na nova sede da comarca que tem cerca de 40 mil habitantes. Com área construída de 621,28 metros quadrados, em terreno de 3,2 mil metros quadrados, o fórum está distribuído em três módulos, em um só pavimento.

Na solenidade, o juiz Josemar Cerqueira, há 11 anos na comarca considerou a inauguração como um momento ímpar na história do município. “A comunidade esforçou-se e hoje, temos uma estrutura melhor, precisamos agradecer”, disse.

Acompanhado pelo colega de magistratura Mateus Moitinho, o juiz Josemar Cerqueira destacou a melhoria na estrutura, para atender melhor ao cidadão, no novo prédio.

O presidente do tribunal, desembargador Eserval Rocha, lembrou que esteve em agosto em Rio Real para anunciar um novo tempo na comarca. “Voltamos, exatamente como previsto, para inaugurar o sexto fórum em pouco mais de um mês”, disse.

Na semana passada, o tribunal inaugurou fóruns em Barreiras, Luis Eduardo Magalhães e Irecê, o que havia acontecido em Central e em Sobradinho. O plano de obras somente foi possível devido às medidas de austeridade implementadas desde o início da gestão.

Nesta terça-feira (26), será a vez Paulo Afonso ganhar o seu fórum. “Deixaremos encaminhados os novos prédios em Serrinha, que deve ser inaugurado em março, Canarana e Nazaré”, disse o presidente do tribunal.

Para o desembargador Eserval Rocha, “valorizar o primeiro grau, é dar dignidade ao juiz, ao servidor, ao jurisdicionado; é colocar à disposição desses agentes, instalações a altura dos que aqui vão trabalhar e dos que vêm em busca de justiça”.

O presidente ressaltou que o Poder Judiciário mantém uma estrutura espalhada por todos os municípios baianos. “Eu disse todos. Todos os municípios. Possuímos e administramos quase mil imóveis”, disse.

Simultaneamente ao hasteamento do pavilhão, foi executado o hino nacional pela Banda Marcial de Rio Real ‘Manoel Antônio de Souza’. Ao final, os aplausos completaram o tom de civismo da inauguração, representando uma conquista para o jurisdicionado.

Para o prefeito Orlando Almeida, a inauguração do fórum significou a realização de um sonho, pois segundo ele, a comunidade de Rio Real tem ampliado as demandas por aumentar a confiança na Justiça baiana. “Foi a maior obra que o Poder público já realizou em Rio Real”, disse, em seu discurso. O vereador Fernando Brás representou o presidente da Câmara, Cleriston Barbosa.

O desembargador Baltazar Miranda Saraiva e o juiz Manoel Ricardo Calheiros D´Avila também estiveram presentes.

 

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]