Feira de Santana registrou 70 casos de hanseníase em 2015

Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase será comemorado no próximo domingo.
Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase será comemorado no próximo domingo.
Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase será comemorado no próximo domingo.
Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase será comemorado no próximo domingo.

“Hanseníase: Quanto antes você descobrir, mais cedo vai se curar”. Com este tema, o Dia Mundial de Luta contra a Hanseníase será comemorado, este ano, no próximo domingo, dia 31 de janeiro de 2016. Para marcar a data, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através do Centro de Referência em Hanseníase, orienta que as equipes de saúde do município realizem atividades que alertem a sociedade civil sobre os sinais e sintomas da doença.

A criação desta data teve por objetivo ampliar o conhecimento sobre a hanseníase na comunidade, destacar a importância do diagnóstico precoce e o tratamento adequado da doença, bem como reduzir o estigma e preconceito.

A doença é transmitida por via respiratória, acomete principalmente a pele com manchas e perda de sensibilidade. Entre as complicações, estão deformidades físicas. Mas isso pode ser evitado com diagnóstico precoce e tratamento imediato.

Com este objetivo profissionais, que atuam no controle da doença em Feira de Santana, se reuniram nesta quinta-feira, 28, no auditório João Batista de Cerqueira, na SMS.

Representantes das unidades de saúde do município foram orientados para que incentivem através de ações nas próprias unidades, a procura pelos serviços de saúde, se mobilizem quanto à busca ativa de casos novos e divulguem a oferta de tratamento completo e gratuito em termos locais e também com os municípios que são pactuados, quando houver necessidade de assistência mais específica.

“Esse tratamento é disponibilizado na própria unidade de saúde onde o paciente é diagnosticado, a pessoa é atendida com a doação da medicação necessária” explica.

Em Feira de Santana foram detectados 70 novos casos em 2015. O número mostrou uma redução comparando-se com os casos registrados no ano anterior. “Por conta das ações que o município vem desenvolvendo com a sensibilização da comunidade e a detecção precoce da doença, temos obtido êxito no combate a doença”, ressalta Fabiana Porto Silva, técnica de referência da Secretaria Municipal de Saúde.

Referência 

Os interessados em obter informações, tirar dúvidas devem entrar em contato com o Centro de Referência pelo telefone 3221 8001 e também pelo sistema de informações da  Vigilância Epidemiológica 3616 7359.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111145 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]