Bahia inaugura primeiro Centro Vocacional Tecnológico de pesca do Brasil

Prédios do Centro Vocacional Tecnológico de pesca.
Prédios do Centro Vocacional Tecnológico de pesca.
Prédios do Centro Vocacional Tecnológico de pesca.
Prédios do Centro Vocacional Tecnológico de pesca.

A Bahia ganha na próxima sexta-feira (15/01/2016), o primeiro Centro Vocacional Tecnológico do Pescado (CVTT) do país, construído pelo governo do Estado, através da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri), em Santo Amaro da Purificação (a 90 km de Salvador), com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI) e do governo estadual.  O centro será voltado ao fortalecimento da pesca e aquicultura, por meio da extensão tecnológica e realização de atividades de educação profissional.

O secretário da Agricultura, Vitor Bonfim, destaca que “a Bahia possui o maior litoral do Brasil, com 1.200 quilômetros de costa e 60 bilhões de metros cúbicos de águas continentais aptas ao uso para produção de pescado. Diante desse potencial, o governo do Estado vem empreendendo ações para estruturar a atividade pesqueira e tornar a Bahia autossuficiente na produção, e o CVTT desempenha um papel relevante neste processo”.

De acordo com o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior, foram investidos quase R$ 8 milhões no CVTT, que ocupa área de mais de três mil metros quadrados, e conta com centro experimental de desenvolvimento de produtos do pescado, incubadora de empresas, restaurante-escola e laboratórios. Ele esclarece que “estudantes de todo o Brasil e até mesmo de outros países poderão se hospedar no CVTT e imergir na cadeia produtiva da pesca, ou realizar os cursos através de teleconferência. A proposta do centro vai além de formar novos pescadores, eles serão empreendedores e técnicos multiplicadores de conhecimento”.

Estrutura

O CVTT possui seis pavilhões, construídos nos padrões de exigência para este tipo de obra: cobertura refratária para bloquear a passagem de calor para o ambiente interno, piso de alta resistência, paredes azulejadas, sistema de ar refrigerado em todos os ambientes, rede wifi e sala de vídeo conferência.

O Pavilhão de Unidade Laboratorial abriga a agroindústria de beneficiamento, e os laboratórios de microbiologia, de análise sensorial, fisioquímico, e incubadoras.

O Pavilhão de Formação Profissional possui salas de aula para 90 alunos, auditório com videoconferência para até 150 pessoas, sala para administração do centro e coordenação, salas de apoio técnico, biblioteca, recepção/foyer, infocentro e almoxarifados.

O centro possui ainda refeitório para 150 pessoas, cozinha industrial, além de pavilhões com alojamentos para técnicos e alunos, que somados, tem capacidade para receber mais de 100 pessoas, tendo também a sua disposição sala de estudos e de conveniência, área de serviço e copa.

Cursos

Entre os cursos e eventos que serão realizados no centro neste ano destacam-se os de Capacitação de Artesãos para o Desenvolvimento de Acessórios de Luxo em Couro de Peixe, Habilitação em Condução de Embarcações de Pesca, Noções de Conservação dos Ecossistemas Marinhos e Povoamento dos Manguezais com Caranguejo Nativo, Consultoria na Área de Alimentos de Pescado e Educação Ambiental, Tecnologia de Pescado e Gestão, Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia com Uso de Fibra de Vidro em Construção Naval, e Noções de Mecânica e Uso de Equipamentos de Navegação.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110934 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]