Vereador diz que ônibus a serem utilizados no sistema de transporte público de Feira de Santana “não estão em conformidade” com o edital de licitação

O vereador Alberto Nery (PT) participou de visita feita a fábrica da empresa que produziu os veículos que atuarão no sistema de transporte de Feira de Santana. Ele avalia que os “ônibus não estão em conformidade com o edital”.

O vereador Alberto Nery (PT) participou de visita feita a fábrica da empresa que produziu os veículos que atuarão no sistema de transporte de Feira de Santana. Ele avalia que os “ônibus não estão em conformidade com o edital”.

O vereador e líder da bancada de oposição da Câmara de Vereadores de Feira Santana, Alberto Nery (PT), cobrou do Poder Executivo um posicionamento sobre observações feitas durante visita à fábrica que produziu os 270 veículos novos que atuarão no sistema de transporte coletivo da cidade.

Na última semana, uma comissão formada por vereadores e imprensa, esteve na fábrica da Caio em Botucatu para conhecer os carros que serão utilizados no SIT e de acordo com Nery, eles não estão montados exatamente como determina o edital de licitação. “Eu não fui a São Paulo apenas para ver a fabricação dos carros e verificar que eles são 0 KM. Nós fomos observar se está tudo em conformidade com o edital de licitação, que vai efetivamente nortear o serviço. Infelizmente não está.  O edital estabelece dois lotes com ônibus portas laterais em ambos os lados, além do “micrão” e “micrinho”. Os ônibus que virão não estão assim e eu fiz essa observação lá mesmo em reunião com os representantes da empresas que explorarão o serviço”.

Segundo Nery, caso a prefeitura não esclareça e se posicione sobre a não conformidade com o edital, ele levará o caso ao Ministério Público. “Vamos oficiar o município e caso não haja esclarecimento sobre a questão vamos acionar o MP. Não adianta justificar que essas especificações fazem parte do BRT, porque para o BRT haverá outra licitação com novas exigências. Não vamos nos calar apenas porque chegaram carros novos e bonitos. Para o sistema funcionar é necessário muito mais”, ponderou.

Ainda durante o discurso, o líder da bancada de oposição, reiterou o compromisso em fiscalizar o funcionamento do transporte público. “O prefeito José Ronaldo é o único responsável por esse caos que se tornou o transporte.  Vale lembrar que ele só fez a licitação por pressão da sociedade, pois todas as cobranças  de melhoria eram dessa área, mais até que saúde. Ele criou o SIT que não atende a realidade de Feira de Santana. Mas eu espero que tudo se resolva e que o Poder Público cumpra o se papel melhorando as condições das vias de tráfego e combata o transporte clandestino, ou em pouco tempo esses novos empresários também estarão falidos e mais uma vez teremos essa triste realidade e nossa cidade”, finalizou.

Audiência Pública

Após a visita, uma audiência pública será realizada no próximo dia 4 de dezembro de 2015 para discutir o funcionamento do transporte público. A iniciativa de autoria dos vereadores que participaram da comitiva, pretende esclarecer detalhes da execução do serviço. “Existe uma intenção das empresas em facilitar o percurso do usuário, diminuindo inclusive o fluxo nas estações de transbordo, que deve ser melhor explicada durante a audiência. Além disso, será um momento importante para debatermos como ficará a situação dos cobradores, já que o processo será feito através de bilhetagem eletrônica. Vamos brigar para que sejam criados os postos de auxiliar de bordo, como ocorreu em outras cidades onde a bilhetagem foi implementada”.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]