Reitor da Uefs apresenta situação da instituição na Câmara Municipal de Feira de Santana

Evandro Nascimento Silva, reitor da Uefs.
Evandro Nascimento Silva, reitor da Uefs.
Evandro Nascimento Silva, reitor da Uefs.
Evandro Nascimento Silva, reitor da Uefs.

Buscando esclarecer a real situação que passa a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), o reitor da instituição Evandro Nascimento Silva esteve na Câmara de Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (21/10/2015), onde fez uso da tribuna livre e apresentou dados de avanço da Uefs durante o ano de 2007 e 2015.

“Agradeço a oportunidade, estou aqui para expor a importância que a Universidade tem para a região de Feira de Santana e o momento que estamos passando. A Uefs é uma semente que há 39 anos foi plantada nesta cidade e tem dado grande contribuição. Hoje, oferece 31 cursos, atendendo cerca de 8600 alunos de graduação e 1200 na pós-graduação. Temos ainda programas de pesquisa, que objetiva entregar à sociedade uma série de conhecimentos que ajudam no desenvolvimento do Município”, disse Evandro Nascimento.

O reitor apresentou slides que demonstram as ações e avanços da Universidade entre os anos de 2007 e 2015. Segundo a apresentação, houve um crescimento de 87% nas pesquisas; 213% nos projetos e programas de extensão; 1700% nas ações de extensão (projetos, programas, cursos e eventos); 25% nas ações de arte e cultura; 5850% no número de alunos que estão fazendo intercâmbios.

“Estes são dados que mostram a tendência de crescimento da Universidade, porém isso requer um financiamento adequado. Tivemos uma evolução no orçamento com o pessoal, que foi beneficiado com plano de carreira, o que acho justo, porque temos doutores que contribuem muito para os alunos, mas não tivemos o mesmo crescimento com o financiamento para custeio e investimento. O orçamento foi reduzido”, relatou.

Ele continuou apresentando a real situação da Uefs e aproveitou para pedir ajuda dos vereadores para que não haja mais cortes no orçamento da instituição. “80% do orçamento é destinado à despesa com pessoal e o restante é distribuído entre atividades e manutenção, atividades finalísticas, projetos acadêmicos, obras e reparações. Apelo ao Governo do Estado que se sensibilize com esta situação e não permita que os contratos sejam cessados. É possível que esta Casa possa contribuir com esse processo. E deixou claro de que a Uefs age com transparência e está disposta a esclarecer dúvidas”, finalizou o reitor.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108211 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]