Feira de Santana: vereador parabeniza PM e reclama de cobrança ‘indevida’ do Hospital Emec

David Evangelista Leite Neto (David Neto).
David Evangelista Leite Neto (David Neto).
David Evangelista Leite Neto (David Neto).
David Evangelista Leite Neto (David Neto).

O vereador David Neto (PTN) ocupou a tribuna da Casa Legislativa de Feira de Santana, nesta quarta-feira (02/09/2015), para parabenizar a Polícia Militar pela realização de uma operação, na noite de ontem, no bairro da Santa Mônica, que tem a cobertura da 66ª CIPM, e reclamar do atendimento do Hospital Emec.

“Vou iniciar minha fala parabenizando ao major Melo Neto, que ontem, na Santa Mônica, fez um trabalho excelente. Gostaria que a Polícia Militar fizesse ações não só ontem, mas todos os dias. Ontem, no bairro da Santa Mônica, foram flagradas pessoas com armas e com drogas. Neste bairro pessoas estavam sendo assaltadas saindo das escolas. E o bairro precisa sim olhar com bons olhos essas ações, eu acredito que a PM vai continuar este trabalho”, disse.

Hospital Emec

Mudando de foco, o vereador David Neto fez críticas ao Hospital Emec, enfatizando um atendimento prestado a um paciente por meio do plano Unimed. Segundo ele, a unidade de saúde cometeu um erro quando cobrou desse cidadão o serviço que o plano de saúde havia liberado.

“Eu ouvi no programa do radialista Dilton Coutinho falando uma coisa interessante a respeito de um paciente internado no Hospital Emec, pelo plano de saúde Unimed. O Emec ligou para Unimed e liberou o marca-passo, mas o Emec informou ao paciente que o plano havia negado e somente depois que familiares juntaram R$14 mil e pagaram a conta é que se descobriu que havia sido liberado”, informou.

Para o vereador, é preciso que haja concorrência entre os hospitais para que o atendimento médico seja melhorado. “Tudo precisa de concorrência. Está na hora de ter um atendimento bom, que faça concorrência, as pessoas ficam na mão do Emec e de outros hospitais pequenos, que não oferecem esses recursos todos e, por isso, os pacientes estão recorrendo para Salvador e deixando Feira de Santana”, lamentou.

David Neto acrescentou mais críticas ao Emec. “Como um Hospital Emec vê o cidadão com seu plano de saúde e cobra da família? Como se R$14 mil fosse uma migalha. É vergonhoso para os hospitais particulares e tenho certeza de que logo uma equipe de médicos vai fazer um hospital a nível de Feira para dar suporte a toda a população”, declarou.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106729 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]