8ª Festival Literário e Cultural de Feira de Santana é iniciado

O evento conta com 28 expositores e dezenas de lançamentos de livros.

O evento conta com 28 expositores e dezenas de lançamentos de livros.

Até o final da tarde de domingo, a praça João Barbosa de Carvalho, mais conhecida como praça do Fórum, vai ser transformada numa grande e movimentada livraria, durante a 8ª Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana. O evento, que terá 28 expositores e dezenas de lançamentos de livros e eventos, foi oficialmente aberto na tarde desta terça-feira, (22/09/2015).

O vice-prefeito Luciano Ribeiro, que representou o prefeito José Ronaldo de Carvalho, que está em viagem, afirmou que a sociedade é formada por eventos, mas tem uns superiores, como a Feira do Livro. “Esta é uma resposta para quem afirma que o livro um dia vai acabar”. Também estiveram presentes os secretários municipais da Educação, Jayana Ribeiro, o de Cultura, Esporte e Lazer, Rafael Cordeiro e o deputado estadual José Neto. A Prefeitura de Feira de Santana faz parte da comissão organizadora do evento.

Neste ano, o município distribuiu nas escolas da sua rede R$ 100 mil em vale-livros e o Estado, R$ 200 mil. Os valores, disse o secretário de Educação da Bahia, Osvaldo Filho, é um incentivo para que livreiros e editoras participem da Feira e que desperte o interesse pela leitura entre crianças e jovens. “O começo foi tímido, mas a Feira se consolidou na Bahia como uma das maiores”. Para ele, as famílias devem ser atraídas para este tipo de evento.

O reitor da UEFS, Evandro Nascimento, analisa que cada uma Feira, mesmo com objetivos afins, tem sua dinâmica e vivências. “E que tem como principal objetivo a formação de leitores”. O arcebispo dom Itamar Vian disse que formar novos leitores é missão da família, mas que a Feira do Livro tem contribuído nesta finalidade. “Esta semente foi semeada em terra boa. Germinou, cresceu e agora dá seus frutos”.

A coordenadora geral da Feira, Anna Cristina Gonçalves, disse que o evento superou uma lacuna que existia no semi-árido e destacou o empenho de todos os parceiros para que o desejo coletivo fosse concretizado. Também fazem parte da organização a Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Tavares Costa, Núcleo Regional de Educação 19, Arquidiocese de Feira de Santana e SESC.

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]