CPI do HSBC ouve delator do caso SwissLeaks e propõe prorrogar trabalhos

Delator do escândalo conhecido como SwissLeaks, Hervè Falciani.
Delator do escândalo conhecido como SwissLeaks, Hervè Falciani.
Delator do escândalo conhecido como SwissLeaks, Hervè Falciani.
Delator do escândalo conhecido como SwissLeaks, Hervè Falciani.

A Comissão Parlamentar de Inquérito do HSBC ouviu hoje (25/08/2015), por videoconferência, o delator do escândalo conhecido como SwissLeaks, Hervè Falciani. A audiência foi feita por meio eletrônico porque os senadores consideraram inadequado ir à França, onde Falciani está, depois que o país negou à CPI o compartilhamento de informações sobre as investigações do caso.

Na videoconferência, o delator negou que tenha obtido vantagens financeiras ao denunciar fraudes fiscais envolvendo a filial do banco na Suíça. Ele é ex-funcionário do HSBC e especialista em informática e foi o responsável por tornar público que os correntistas do banco na Suíça movimentaram US$ 100 bilhões, dos quais US$ 7 bilhões seriam de brasileiros.

Falciani disse aos senadores que o número de brasileiros com contas na filial do banco ultrapassa muito os 8,7 mil que se conhece até o momento. A CPI pretende investigar se os recursos enviados ao exterior são de origem ilícita e em quais casos houve evasão de divisas.

O depoimento de Falciani e sua disposição em colaborar com as investigações do Senado brasileiro podem fazer com que a CPI seja prorrogada. O relator, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), propôs a prorrogação por 90 dias, e um requerimento sobre o pedido de prorrogação será votado no próximo dia 2 de setembro.

“A prorrogação é fundamental porque até o dia 19 de setembro [prazo final da CPI] nós não vamos ter condições de materializar o que definimos e ajustamos aqui hoje com o senhor Falciani. Vamos ter que assinar um termo, um acordo com ele”, disse Ferraço.

*Com informação da Agência Brasil

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108248 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]