“Apesar de inaugurada, Base Comunitária de Feira de Santana jamais funcionou de fato”, denuncia deputado

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Deputado Marco Prisco Caldas Machado critica política de segurança pública.
Deputado Marco Prisco Caldas Machado critica política de segurança pública.
Deputado Marco Prisco Caldas Machado critica política de segurança pública.
Deputado Marco Prisco Caldas Machado critica política de segurança pública.

“Já se foram dois anos desde a data da inauguração da Base Comunitária de George Américo, no município de Feira de Santana, em solenidade conduzida pelo ex-governador Jacques Wagner, em setembro de 2012, mas, ainda hoje, a unidade não teve suas obras concluídas.”, afirma o deputado estadual Marco Prisco Caldas Machado (PSDB).

Segundo Prisco, “Enquanto isso, o efetivo do Grupamento “se espreme” em um contêiner, espaço condenado pelas organizações de direitos humanos e Ministério Público Estadual da Bahia (MPBA) até mesmo para permanência de presos provisórios e sentenciados.”.

O deputado do PSDB esteve na Base Comunitária em companhia de representantes da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra).

Conforme explica Prisco, o contêiner foi inaugurado no dia 27 de setembro, com a promessa de transferência para a unidade permanente seis meses após.

“Ocorre que já estamos em 2015 e as obras se encontram paradas. O que encontramos na unidade foi parte elétrica inacabada, janelas ainda não instaladas e matagal crescendo no terreno sem manutenção. Nos contêineres, os alojamentos e banheiros ocupam o mesmo espaço”, reclamou deputado soldado Prisco.

“Segundo nos informaram, a empresa terceirizada está há cinco meses sem repasse de recursos e, hoje conta, apenas com três funcionários para as mais diversas atividades.”, finaliza.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113684 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]