José Graziano da Silva reeleito para diretor-geral da FAO com recorde de votos

José Graziano da Silva e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. José Graziano foi reeleito como diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Ele obteve um total de 177 dos 182 votos expressos, considerado o maior número da história da agência da ONU.

José Graziano da Silva e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. José Graziano foi reeleito como diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Ele obteve um total de 177 dos 182 votos expressos, considerado o maior número da história da agência da ONU.

O brasileiro José Graziano da Silva foi reeleito no sábado (06/06/2015) para um segundo mandato como diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO. Ele obteve 177 votos dos 182 possíveis na eleição deste sábado em Roma. Após a eleição, Graziano apresentou discurso em que destaca compromisso de acabar com a fome no mundo.

Único Candidato

Ao agradecer aos chefes de Estado e de governo, aos ministros e aos embaixadores presentes na plenária, em Roma, Graziano da Silva disse que já estava satisfeito por ser o único candidato desde janeiro.

Mas declarou que receber o número de votos que obteve não era esperado. Para ele, trata-se de um forte apoio a nível pessoal e para a FAO.

No evento, Graziano da Silva reafirmou o seu compromisso de acabar com a fome e a desnutrição em nome da agência.

FAO Proeminente

O representante disse haver espaço para melhorias e assegurou que vai continuar a trabalhar para isso, e para que a agência seja mais presente nos países e proeminente a nível global.

Graziano da Silva foi nomeado pelo Brasil. O novo mandato entra em vigor em 31 de julho e termina em julho de 2019.

A escolha decorreu no primeiro dia da Conferência bienal de governos da FAO, que se estende até ao próximo sábado.

Erradicar Fome

A FAO disse que desde que Graziano da Silva assumiu o posto, em 2012, o foco do trabalho da agência esteve em cinco objetivos estratégicos com prioridade à erradicação total da fome e da desnutrição.

A agência declara que Graziano reforçou as capacidades institucionais na sede da agência e no terreno, fez economias significativas através da racionalização dos procedimentos administrativos.

A outra aposta do diretor-geral foi o reforço da cooperação com os parceiros externos e o impulso do fortalecimento da Cooperação Sul-Sul.

Cargo Máximo

Foi em 2006 que Graziano da Silva entrou para a FAO como chefe do Escritório Regional para América Latina e Caribe. A sua primeira eleição ao cargo máximo na agência ocorreu em junho de 2011.

A conceção e execução do programa “Fome Zero” no Brasil está entre os mais destacados feitos de Graziano da Silva, o oitavo diretor-geral da FAO desde que foi fundada em 1945.

*Com informação da Radio ONU

Compartilhe e Comente

Publicidade

Publicidade



Publicidade

Facebook do JGB

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]