Vereador critica baixo investimento do município no Bairro Tomba em Feira de Santana

Edvaldo Lima: “O bairro do Tomba precisa ser olhado pelo Executivo para que ele possa atender às necessidades dos moradores e trago aqui algumas indicações que fiz para o local.".
Edvaldo Lima: “O bairro do Tomba precisa ser olhado pelo Executivo para que ele possa atender às necessidades dos moradores e trago aqui algumas indicações que fiz para o local.".
Edvaldo Lima: “O bairro do Tomba precisa ser olhado pelo Executivo para que ele possa atender às necessidades dos moradores e trago aqui algumas indicações que fiz para o local.".
Edvaldo Lima: “O bairro do Tomba precisa ser olhado pelo Executivo para que ele possa atender às necessidades dos moradores e trago aqui algumas indicações que fiz para o local.”.

Durante discurso no tempo do grande expediente, nesta segunda-feira (25/05/2015), o vereador Edvaldo Lima (PP) voltou a tratar sobre sua representatividade no bairro Tomba. O edil rebateu as críticas divulgadas nos meios de comunicação de que o local não tem representante. Edvaldo levou ao conhecimento dos presentes na sessão indicações feitas ao Executivo para o bairro.

“O bairro do Tomba precisa ser olhado pelo Executivo para que ele possa atender às necessidades dos moradores e trago aqui algumas indicações que fiz para o local. Primeiro, a construção de uma praça no bairro Areal, que consegui depois de 12 anos e reconheço que está muito bonita, mas a construtora que fez a obra não a fez como deveria, pois antes da chuva já apareceram três buracos”, relatou.

E continuou. “Também pedi a implantação de uma rede de esgoto para a rua Águia Dourada; a reforma e ampliação da Escola Ana Brandoa, inclusive pedi que ela fosse transformada em escola modelo, mas estive lá e percebi que tem pouca gente trabalhando na obra; solicitei ainda a pavimentação da rua São João, a qual foi feita e não vou negar isso, porém os redutores de velocidade até o momento não foram instalados”, relatou.

Em aparte, o líder do governo na Casa, vereador José Carneiro Rocha (PSL) afirmou que conhece o bairro antes e depois do governo do prefeito José Ronaldo e que as mudanças são notáveis. “Tanto o bairro Tomba como outros daquela região, a exemplo de Panorama e Jardim Acácia são locais onde o prefeito executou inúmeras obras”, lembrou.

De volta com a palavra, o edil Edvaldo continuou fazendo os relatos mostrando sua representatividade. “Pedi a ampliação da policlínica do Tomba, onde todos sabem que está pequena para a quantidade de pacientes que atende, as cadeiras são de plástico muitas vezes não suportando o peso das pessoas e isso eu cobrei aqui nesta tribuna várias vezes”, disse.

E, para finalizar, Edvaldo garantiu que teve votos em todas as urnas da cidade e vai continuar com seu trabalho de cobrar do Executivo melhorias para a população feirense. “Fui eleito com votos em todas as urnas de Feira de Santana. Então, represento o município, mas hoje destaquei apenas o bairro onde moro. Peço, inclusive ao vereador Isaias de Diogo (PPS), que tem mais intimidade com o secretário Serviços Públicos, Justiniano França, que peça para fazer a coleta do lixo na rua Força e Luz, a qual solicito há mais de 20 dias. Feira tem 21 vereadores e todos nós temos a obrigação de cobrar ações do Executivo”, finalizou.

Edvaldo Lima diz que é representante do bairro Tomba 

Uma nota publicada no site Bahia na Política foi rebatida nesta segunda-feira (25), na tribuna da Casa da Cidadania, pelo vereador Edvaldo Lima (PP). Segundo o edil, o texto do site informa que o bairro Tomba não tem representante na Câmara Municipal.

“Observei que estava escrito com letras maiúsculas que o Tomba não tem representante. Sou morador do bairro há 30 anos. Quando me casei, passei só uns quatro anos no bairro Jardim Acácia e depois fui morar no Tomba, onde estou até hoje. Do mesmo jeito que vi lá escrito, eu queria que se retratassem”, pediu.

Munido de documentos, Edvaldo informou que fez diversas indicações para o bairro, mas não foram acatadas pelo Executivo Municipal. “Só este ano fiz todas estas indicações para o bairro do Tomba, mas não foram atendidas. Não cobrem do vereador, pois o vereador Edvaldo Lima não faz obras. Eu tenho o papel de cobrar, papel de estar junto com a comunidade, ao qual eu faço parte, sou morador com orgulho daquele grande bairro”, afirmou.

O vereador lembrou ainda que antes de ser vereador, já havia feito solicitações em prol de melhorias para a comunidade, a exemplo da pavimentação de três ruas: Castro Porto, Porto Luz e Otacílio Costa, atendidas por Roberto Tourinho, na época em que este era diretor da pasta.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114859 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.