Senador Lídice da Mata diz que violência contra crianças e adolescentes ainda é grave no país

Senadora Lídice da Mata afirmou que os números desse tipo de violência no Brasil ainda são elevados, apesar de redução verificada nos últimos meses.
Senadora Lídice da Mata afirmou que os números desse tipo de violência no Brasil ainda são elevados, apesar de redução verificada nos últimos meses.
Senadora Lídice da Mata  afirmou que os números desse tipo de violência no Brasil ainda são elevados, apesar de redução verificada nos últimos meses.
Senadora Lídice da Mata afirmou que os números desse tipo de violência no Brasil ainda são elevados, apesar de redução verificada nos últimos meses.

Ao lembrar que na segunda-feira (18/05/2015) foi comemorado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA) afirmou que os números desse tipo de violência no Brasil ainda são elevados, apesar de redução verificada nos últimos meses.

A senadora citou dados da Secretaria Nacional de Direitos Humanos segundo os quais houve uma redução de 1,6% no número de denúncias de casos de violência contra crianças e adolescentes no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Do total de 21mil denúncias recebidas pelo serviço Disque 100, 4.480 referem-se a casos de violência sexual – 21% do total.

Segundo os dados da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, 25% dos casos de violência têm como vítimas crianças com idade entre 4 e 7 anos. E o pior, acrescentou a senadora, é que em 58% dos casos de violação de direitos de crianças e adolescentes, os principais suspeitos são pessoas de confiança da vítimas, como pais, padrastos e outras pessoas próximas.

Para Lídice da Mata, esses dados revelam a banalização da violência na sociedade brasileira, que precisa ser combatida e denunciada.

– Apesar da ligeira diminuição dos casos registrados, o abuso e a violência sexual de crianças e adolescentes ainda é um grave problema no nosso país. É preciso alertar os pais, os educadores e toda a sociedade e incentivá-los à denúncia pelo Disque 100, que é a discagem gratuita da Secretaria Nacional de Direitos Humanos – disse a senadora.

*Com informações da Agência Senado.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112725 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]