Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana defende interesse dos concursados dos Correios

Ronny se colocou à disposição para contribuir com a luta dos aprovados no concurso público dos Correios, realizado no ano de 2011.
Ronny se colocou à disposição para contribuir com a luta dos aprovados no concurso público dos Correios, realizado no ano de 2011.
Ronny se colocou à disposição para contribuir com a luta dos aprovados no concurso público dos Correios, realizado no ano de 2011.
Ronny se colocou à disposição para contribuir com a luta dos aprovados no concurso público dos Correios, realizado no ano de 2011.

Em discurso na sessão legislativa desta quarta-feira (27/05/2015), o presidente da Casa da Cidadania, vereador Reinaldo Miranda – Ronny (PSDB), se colocou à disposição para contribuir com a luta dos aprovados no concurso público dos Correios, realizado no ano de 2011.

“Está na galeria da Casa uma comissão de pessoas que fizeram o concurso para os Correios, juntamente com o diretor do Sincotelba, Reinaldo Ferreira, para prestar informações a esta Casa e pedir informações sobre o concurso realizado em 2011, pois essas pessoas já foram aprovados até em exames físicos e, até hoje, não foram convocados. Existe um parecer do Tribunal de Justiça do Trabalho que obriga a serem convocados. Em Feira de Santana são 157 aprovados no concurso, mas, até agora, não foram chamados. A Câmara está à disposição para qualquer esclarecimento”, disse Ronny.

Em aparte, o vereador David Neto (PTN) considerou justa a mobilização dos aprovados no concurso dos Correios e, na oportunidade, chamou atenção para a grande quantidade de prestadores de serviços terceirizados ocupando vagas de concursados e desempenhando funções de grande responsabilidade sem o devido preparo. Em sua opinião, “se a Câmara se movimentar, com certeza, haverá a convocação dos aprovados”, disse.

O vereador Marcos Lima (PRP) também se pronunciou sobre o assunto. “Fiquei no mês passado sem receber nenhuma correspondência. A cidade é grande, precisa desses funcionários, porque não há funcionários suficientes. No distrito, as pessoas sofrem para receber correspondência, a exemplo de São José, bem como os bairros da cidade”, denunciou o vice-líder governista.

Novamente com o uso da palavra, o presidente do Legislativo Feirense ressaltou que fará o possível dentro das possibilidades. “A Casa, dentro da legalidade, está aberta ao diálogo, o que pudermos fazer, faremos com certeza”, garantiu.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110006 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]