Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana anuncia revogação de emenda à LOM que beneficiava vereadores e agentes públicos

Reinaldo Miranda (Ronny) durante reunião com profissionais da imprensa de Feira de Santana anuncia revogação da emenda à Lei Orgânica.
Reinaldo Miranda (Ronny) durante reunião com profissionais da imprensa de Feira de Santana anuncia revogação da emenda à Lei Orgânica.

O II Encontro com o Presidente, realizado na manhã desta segunda-feira (11/05/2015), na sala de reuniões do Prédio Anexo à Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), contou com a presença de políticos, servidores do legislativo e membros da imprensa. Eles aproveitaram a oportunidade para questionar a legalidade sobre a emenda à Lei Orgânica do Município (LOM) de nº 96/2015.

Ao iniciar o encontro, o presidente do Poder legislativo, Reinaldo Miranda (Ronny – PSDB), agradeceu a presença de todos e apresentou posicionamento com relação à emenda, afirmando: “trabalhamos em prol da comunidade. Aqui não aprovamos nada às escondidas: o PL tramitou de forma legal, passando pelo Legislativo e colocado em pauta para ser debatido. Não somos covardes para agir de má fé na hora de aprovar projetos”, disse.

Interrompido com a chegada do líder do governo municipal vereador José Carneiro, o presidente foi informado que os edis deliberaram, em reunião, por unanimidade, revogar a emenda à LOM.

Ronny esclareceu que tinha convocado a reunião entre os vereadores, antes do início da sessão, com a finalidade de buscar um concesso sobre a revogação da emenda. Na sequência, demonstrou satisfação em relação a resolução da questão.

Críticas

O Jornal Grande Bahia publicou duas matérias, nos dias 6 e 9 de maio, analisando a emenda à Lei Orgânica do Município de Feria de Santana (LOM de Feira de Santana) de nº 96/2015. As matérias questionavam a legalidade, moralidade, alcance e interesse social da emenda.

Com os títulos ‘Cinco servidores do Município de Feira de Santana receberam mais de R$ 1 milhão em 2014. Reportagem investiga contas públicas’ e ‘Câmara Municipal de Feira de Santana emite nota com relação a emenda à Lei Orgânica que beneficia vereadores e agentes públicos’, a publicação das matérias motivou amplo debate na sociedade, repercutindo sobre a responsabilidade constitucional dos membros do poder legislativo.

Em um gesto de maturidade política, os vereadores revogaram por unanimidade a emenda. Neste embate, o vitorioso foi o interesse social

Leia +

Emenda à LOM é revogada pela Câmara Municipal de Feira de Santana

Cinco servidores do Município de Feira de Santana receberam mais de R$ 1 milhão em 2014

Câmara Municipal de Feira de Santana emite nota com relação a emenda à Lei Orgânica que beneficia vereadores e agentes públicos

Padre diz que na Câmara Municipal de Feira de Santana existem 21 ladrões; Vereadores protestam

Classificados como ladrões por líder religioso, vereadores de Feira de Santana demonstram descontentamento

Vereador critica radialista que ocupa cargo de confiança na Câmara Municipal de Feira de Santana

Feira de Santana: Vereador Correia Zezito critica declaração de religioso que classificou vereadores de ladrões

Feira de Santana: Vereador Lulinha lamenta declaração do Monsenhor Luiz Rodrigues que os classificou como ladrões

Emenda à Lei Orgânica do Município de Feira de Santana concede estabilidade econômica e indenização a vereadores

Feira de Santana: Emenda à LOM dá direitos a quem ocupa por mais de dez anos cargos eletivos ou de confiança

Emenda polêmica à Lei Orgânica do Município de Feira de Santana é revogada

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]