População reclama de descaso do prefeito de Salvador com plano inclinado no Comércio

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Luiz Carlos Suíca: "Agradecemos ao senhor prefeito ACM Neto pelo descaso que vem tratando nosso Plano Inclinado Gonçalves.".
Luiz Carlos Suíca: "Agradecemos ao senhor prefeito ACM Neto pelo descaso que vem tratando nosso Plano Inclinado Gonçalves.".
Luiz Carlos Suíca: "Agradecemos ao senhor prefeito ACM Neto pelo descaso que vem tratando nosso Plano Inclinado Gonçalves.".
Luiz Carlos Suíca: “Agradecemos ao senhor prefeito ACM Neto pelo descaso que vem tratando nosso Plano Inclinado Gonçalves.”.

“Agradecemos ao senhor prefeito ACM Neto pelo descaso que vem tratando nosso Plano Inclinado Gonçalves, trazendo transtornos a toda população e comerciantes da área. Que vergonha”, reclamam os comerciantes soteropolitanos, em faixa no plano que liga o Comércio à Praça da Sé. O líder da oposição na Câmara de Vereadores, Luiz Carlos Suíca (PT), cobrou ações imediatas com a indicação de projeto (PIN nº 156/2015), alertando o gestor municipal a respeito da urgência para reativar as cabines. “O plano inclinado permaneceu desativado por vários anos. A situação não foi diferente na administração do então prefeito João Henrique. Na atual gestão, o maquinário foi ativado por algum tempo, mas, com outros problemas mecânicos, o equipamento foi abandonado”, informa o vereador.

De acordo com denúncia do funcionário Carlos Alberto Pereira Costa, que trabalha há mais de cinco anos para uma loja ao lado da entrada do plano, o titular de Transporte e Urbanismo foi procurado para solucionar o problema. “Tentamos contatos com o secretário Fabrízio Muller, que esteve em uma rádio e disse que o plano estava parado há sete dias. Mas já são mais de 28 dias sem funcionar. Falou que uma peça vinha dos Estados Unidos, custando R$ 4 milhões para ser instalada. Até agora, nenhuma medida foi tomada”. O comerciante diz ainda que junto com outros comerciantes foi colocada a faixa advertindo o prefeito. “O movimento reduziu e as vendas caíram 60%”, lamenta.

O descontentamento não para por aí, a comerciária ambulante, Cássia Ximenes foi enfática e relata que “antes, os turistas saíam da Praça da Sé e seguiam pelo Plano até o Comércio. Agora, é mais difícil saírem de lá para cá. Pegam o Elevador Lacerda, mas não chegam até aqui, nesse trecho”, reclama. Dona Raimunda Vicente da Fonseca, também vendedora, junto com Ximenes diz que foram proibidas pelo prefeito ACM Neto de manter o antigo ponto que tinha na Praça Cairu. “Há dois anos a prefeitura expulsou os vendedores da praça dizendo que ia compensar o pessoal ativando o plano, mas agora não temos clientes. A mercadoria fica parada. Muitos vendedores esperam a fiscalização sair da Cairu para colocar a barraquinha e poder aproveitar o resto do dia”, comenta Raimunda.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113911 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]