MP denuncia seis pessoas por envolvimento com o ‘trensalão’ paulista

Corrupção denominada pela "Trensalão Tucano" não foi devidamente aprofundada.

Corrupção denominada ‘Trensalão Tucano’ não foi devidamente aprofundada.

O Ministério Público de São Paulo denunciou seis executivos por envolvimento no cartel de trens do estado, conhecido como ‘trensalão tucano’. Os denunciados fazem parte de quatro empresas e são acusados de fraude de R$ 1,75 bilhão para reforma das linhas 1 e 3 do metrô paulista, além da modernização de 98 trens entre 2008 e 2009, período de governo de José Serra (PSDB).

De acordo com publicação do jornal “Estado de S. Paulo”, neste sábado (23/05/2015), um dos denunciados é um ex-diretor da Alstom César Ponce de Leon. A justiça pediu a prisão preventiva do executivo. Além disso, são a acusados representantes das empresas Temoinsa, MPE e Tejofran.

Esta é a sétima denúncia criminal contra o cartel. Para o promotor de Justiça Marcelo Mendroni, responsável pela nova ação, os executivos “formaram conluios para evitar a efetiva concorrência, através de consórcios, sempre com divisões predeterminadas dos objetos dos contratos”.

Entre as provas obtidas pelo Ministério Público, estão emails trocados entre os executivos.

“Um e-mail, de 11 de junho de 2008, antes da publicação do edital, apreendido na Alstom, foi enviado por Leon a outros seis executivos da multinacional francesa. Ele relata necessidade de “organização do mercado” para divisão de certame e sugere formação de um “grupo forte” para “dividir parte do bolo”, relata o jornal.

*Com informações de agências de notícias.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]

Be the first to comment on "MP denuncia seis pessoas por envolvimento com o ‘trensalão’ paulista"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*