Morre o ex-senador Rodolpho Tourinho Neto

Rodolpho Tourinho Neto falece aos 73 anos.
Rodolpho Tourinho Neto falece aos 73 anos.

Morreu na manhã de hoje (07/05/2015), em São Paulo, o ex-ministro e ex-senador baiano Rodolpho Tourinho. Tourinho estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24 de fevereiro. A causa da morte não foi divulgada.

Ex-ministro de Minas e Energia no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, entre 1999 e 2001, Tourinho era filiado ao Democratas. Foi também senador pela Bahia. Ele assumiu a vaga no Senado em 2003 com a saída de Paulo Souto, que tomou posse como governador da Bahia, e permaneceu no cargo até 2007. Tourinho foi ainda secretário de Fazenda da Bahia de 1991 a 1998.

O velório será realizado no Palácio da Aclamação, em Salvador (BA), a partir do início da manhã de sexta-feira (8), de acordo com boletim divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês.

Sobre Rodolpho Tourinho

Rodolpho Tourinho Neto (Salvador, 27 de dezembro de 1941 – São Paulo, 7 de maio de 2015) é foi filiado ao Democratas (ex-PFL), era formado em Economia pela Universidade de São Paulo, e pós-graduado em Economia e Administração de Empresas pela Bradley University, nos Estados Unidos.

Foi Secretário da Fazenda do Estado da Bahia entre 1991 e 1998. Em 1998 chegou ao Senado como suplente do Senador baiano Paulo Souto. Ocupou as pasta de ministro de Minas e Energia (1999-2001), no governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso. Em 2003 assumiu a vaga de Paulo Souto no Senado, quando este tomou posse como Governador do Estado da Bahia, e permaneceu no Senado até 2007.

Rodolpho Tourinho disputou as eleições para o Senado em 2006 e perdeu a vaga para o candidato João Durval.

Presidenta Dilma Rousseff divulga nota de pesar pela morte do ex-ministro Rodolpho Tourinho

A presidenta Dilma Rousseff manifestou, em nota, pesar pela morte do ex-ministro e registrou que ele foi um homem público com “elevado compromisso com seu país e com seu povo”. Dilma manifestou condolências à família e amigos do ex-ministro.

O ex-ministro e ex-senador baiano Rodolpho Tourinho morreu na manhã de hoje (7), em São Paulo. Tourinho estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24 de fevereiro. A causa da morte não foi divulgada.

Tourinho foi ministro de Minas e Energia no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso entre 1999 e 2001. Filiado ao Democratas, foi também senador pela Bahia. Ele assumiu a vaga no Senado em 2003 com a saída de Paulo Souto, que tomou posse como governador da Bahia, e permaneceu no cargo até 2007. Tourinho foi ainda secretário de Fazenda da Bahia de 1991 a 1998.

Líder da oposição na Alba lamenta

O velório será realizado no Palácio da Aclamação, em Salvador (BA), a partir do início da manhã de sexta-feira (8), de acordo com boletim divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês.

O líder da Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, Sandro Régis (DEM) lamentou a morte do ex-senador e ministro Rodolpho Tourinho, ocorrida na manhã desta quinta-feira (07/05/2015), no hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Em nome de toda a bancada o deputado prestou solidariedade aos familiares e amigos, destacando a dedicação e o compromisso de Rodolpho Tourinho com o país e, especialmente, com a Bahia.

“Em todos os cargos públicos que ocupou tanto no cenário local como nacional Rodolpho Tourinho destacou-se pela eficiência, integridade e também pelo seu amor à Bahia”, lembrou. Sandro Régis

​ACM Neto lamenta a morte do ex-ministro Rodolpho Tourinho

O prefeito ACM Neto lamentou a morte do ex-ministro Rodolpho Tourinho, ocorrida nesta quinta-feira, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. “Convivi muitos anos com Rodolpho Tourinho, grande amigo da minha família, principalmente do meu avô (Antonio Carlos Magalhães). Em todos os cargos que ocupou, ele sempre colocou a Bahia em primeiro lugar, trabalhando muito pelo desenvolvimento do nosso Estado”, disse o prefeito.

ACM Neto lembrou também que, como secretário estadual da Fazenda, ministro das Minas e Energia e senador, Rodolpho Tourinho demonstrou um grande espírito público, cumprindo suas funções com ética, respeito e integridade. “Guardo as melhores lembranças de Rodolpho Tourinho, um homem inteligente e muito culto. Aos familiares e amigos do ex-senador e ministro, os meus sentimentos”, concluiu o prefeito.

Morte de ex-ministro representa grande perda para a Bahia

A deputada federal Tia Eron (PRB-BA) lamenta a morte do ex-ministro Rodolpho Tourinho que estava internado, desde o final do mês de novembro do ano passado, no hospital Sírio-Libanês em São Paulo. A causa da morte não foi divulgada. Tourinho que nasceu em 1941 na capital baiana era economista de formação. Ele comandou a Secretaria Estadual da Fazenda entre 1991 e 1998, quando se tornou suplente do então senador Paulo Souto, assumindo a vaga em 2003.

No governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, o democrata foi ministro de Minas e Energia, ocasião em que também exerceu a presidência dos Conselhos de Administração da Petrobras, Petrobras Distribuidora e Eletrobrás “A Bahia perde uma pessoa que, em todos os cargos que ocupou, trabalhou com seriedade visando o crescimento do estado da Bahia e do Brasil”, disse a deputada Tia Eron. Rodolpho Tourinho deixa mulher e quatro filhos.

Rodolpho Tourinho Neto falece aos 73 anos.
Rodolpho Tourinho Neto falece aos 73 anos.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116583 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.