Juiz autoriza transferência de ex-deputados para presídio no Paraná

Sérgio Moro argumentou que carceragem da Polícia Federal, no Paraná, não comporta "número significativo de presos.
Sérgio Moro argumentou que carceragem da Polícia Federal, no Paraná, não comporta "número significativo de presos.
Sérgio Moro argumentou que carceragem da Polícia Federal, no Paraná, não comporta "número significativo de presos.
Sérgio Moro argumentou que carceragem da Polícia Federal, no Paraná, não comporta “número significativo de presos.

O juiz federal Sérgio Moro autorizou hoje (25/05/2015) a transferência do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e dos ex-deputados federais André Vargas, Luiz Argôlo e Pedro Corrêa para o Complexo Médico-Penal em Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Todos são investigados na Operação Lava Jato e estão presos na carceragem da Policia Federal na capital paranaense.

Segundo o delegado Igor Romário de Paula, um dos responsáveis pela condução dos inquéritos da Lava Jato, as instalações não têm capacidade para grande número de presos. Com a transferência, os investigados ficarão submetidos às regras do presídio, mas permanecerão em ala reservada.

“De fato a carceragem da Polícia Federal, apesar de suas relativas boas condições, não comporta, por seu espaço reduzido, a manutenção de número significativo de presos. Por isso autorizei anteriormente a remoção de outros presos relacionados à Operação Lava Jato para o Complexo Médico-Penal, local que vinha atendendo satisfatoriamente às condições de custódia dos referidos presos provisórios.”, decidiu Moro.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106733 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]