Hospital Martagão Gesteira recebeu homenagens na Assembleia Legislativa da Bahia

Ação valoriza os 50 anos de fundação do hospital que é referência no atendimento a crianças no estado da Bahia.
Ação valoriza os 50 anos de fundação do hospital que é referência no atendimento a crianças no estado da Bahia.
Ação valoriza os 50 anos de fundação do hospital que é referência no atendimento a crianças no estado da Bahia.
Ação valoriza os 50 anos de fundação do hospital que é referência no atendimento a crianças no estado da Bahia.

Na manhã de quarta-feira (14/05/2015), o Hospital Martagão Gesteira foi homenageado pelos deputados estaduais baianos. A ação foi realizada no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia e lembrará os 50 anos de fundação do hospital, completados no mês de março. Estiveram presentes o Dr. Durval Olivieri, presidente do Conselho Administrativo da Liga Álvaro Bahia, mantenedora do Hospital Martagão Gesteira, Francisco Senna, representando o Tribunal de Contas do Município, Danilo Santos, governador do Rotary, Emanoel Melo, subsecretário da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB) e demais autoridades. Todos foram recebidos pelo deputado Rosemberg Pinto.

Quem esteve também na bancada da Assembleia foi a senhora Silene Santos Oliveira, mãe de paciente com câncer em tratamento no Martagão Gesteira. Silene está promovendo uma caminhada no Farol da Barra no próximo dia 24/05 (domingo), às 10h, com o objetivo de incentivar a população a doar medula óssea para seu filho Farley Silva. “Há oito anos meu filho é tratado no Martagão. Lá nós temos toda a assistência necessária, tomamos café, almoçamos, lanchamos e jantamos juntos. Além disso meu pequeno pode estudar e depois brincar na brinquedoteca. Eu não sei o que seria de mim e de meu filho sem o Martagão”, afirma Silene.

O cuidado com as crianças é uma das missões do Martagão Gesteira, que se dedica à redução da mortalidade infantil. “Quando eu assumi essa nobre responsabilidade, de ser presidente da Liga Álvaro Bahia, não foi com os médicos do Martagão que eu aprendi qual era a minha missão, mas com o porteiro, quando o perguntei: o que você está fazendo aqui? E ele me respondeu: Aqui eu sou porteiro, mas acho que o que faço é ajudar a salvar vidas. Essa é, portanto, a missão de todos os colaboradores e apoiadores do Martagão”, explica o Dr. Durval Olivieri. No local são atendidas em média 20.000 crianças (e seus familiares) por mês, vindas de diversas partes da Bahia.

Hospital Martagão Gesteira

A história do Hospital Martagão Gesteira se confunde com a história de dois grandes médicos pediatras e amigos: Joaquim Martagão Gesteira e Álvaro Pontes Bahia. Fundado no ano de 1965, o Hospital da Criança, como é chamado, foi o primeiro hospital pediátrico do Norte-Nordeste e o pioneiro nos mais importantes serviços de assistência voltados à criança, a exemplo do serviço de Onco Pediatria.

O Hospital, cujo nome foi dado por seu fundador, Álvaro Bahia, em homenagem ao amigo, Dr. Martagão Gesteira, é a mais importante criação da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil, instituição criada na década de 1920 e que teve papel fundamental para a redução da mortalidade infantil na Bahia.

É fruto do sonho inabalável de Álvaro Bahia, que lutou durante 18 anos para a sua construção, mobilizando a classe médica, a sociedade baiana e as autoridades de saúde, nos âmbitos municipal, estadual e federal. O pediatra, que dedicou a vida à medicina, planejou o hospital em seus mínimos detalhes. Morreu sem que o hospital fosse inaugurado.

Ao longo dos seus 50 anos, o Hospital Martagão Gesteira vivenciou momentos áureos e de grande crise financeira. Hoje a instituição é referência na saúde infantil, reunindo mais de 20 especialidades voltadas para a criança. São mais de 500 atendimentos diários, com destaque para os tratamentos complexos, como Oncologia, Neurocirurgia e Cardiologia.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106708 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]