Vereadora chama atenção do Executivo feirense para empresas vencedoras de licitação

Eremita Mota de Araújo chama atenção do Executivo feirense para empresas vencedoras de licitação.
Eremita Mota de Araújo chama atenção do Executivo feirense para empresas vencedoras de licitação.
Eremita Mota de Araújo chama atenção do Executivo feirense para empresas vencedoras de licitação.
Eremita Mota de Araújo chama atenção do Executivo feirense para empresas vencedoras de licitação.

No uso da tribuna nesta terça-feira (19/05/2015), a vereadora Eremita Mota (PDT) chamou a atenção do Poder Público Municipal para empresas que vencem licitações públicas cobrando um valor mínimo e, por fim, não cumprem o que reza o contrato. A edil se refere à empresas responsáveis por obras de pavimentação.

A parlamentar suspeita que quando uma empresa coloca o valor na licitação, muito abaixo do valor cobrado no mercado, acaba ficando impedida de realizar o cumprimento do contrato em sua totalidade, resultando em obras danosas e inacabadas para cidade.  Segundo ela, a falta de qualidade dos serviços executados por algumas empresas vencedoras das licitações permanece visível a qualquer feirense.

“Fui ao bairro Papagaio domingo e não tem uma rua, das que foram calçadas agora, que não estivesse derretendo, os carros não passavam. Então, vamos aqui dizer que foi o prefeito quem mandou fazer assim? Não. Mas, a empresa pode ter enganado e cabe a gente aqui falar e não ficar dizendo que A, B ou C está fazendo oposição. Porque se fosse oposição, a gente tinha mais coisa para falar. Está errado e temos que falar”, disse Eremita.

A parlamentar deu como exemplo os trabalhos realizados na rua Calamar no bairro da Conceição, que chegou ao ponto de ceifar a vida de um operário. “A Calamar passou tantos anos para ficar pronta, prejudicou famílias inteiras, e hoje graças ao empenho determinação do prefeito José Ronaldo, finalmente será entregue nos próximos dias para população”, disse Eremita. Para ela, a fiscalização das obras precisa ser intensificada e aquelas que não se adequarem, não poderão receber o pagamento já que demonstram incapacidade de cumprir o acordo realizado com o Município.

“Eu passei nesta obra onde o carro do Samu foi prejudicado. Aposto que o prefeito não teve culpa, mas ele pode atentar para estas situações. Se pararmos para analisar, não houve tanta chuva assim”, avaliou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120547 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.