Edição 2015 do festival de cinema do sertão baiano ocorre em Canudos

Cena do filme 'Loucas pra casar'. Filme é exibido na Cine Fest Brasil - Canudos.
Cena do filme 'Loucas pra casar'. Filme é exibido na Cine Fest Brasil - Canudos.
Cena do filme 'Loucas pra casar'. Filme é exibido na Cine Fest Brasil - Canudos.
Cena do filme ‘Loucas pra casar’. Filme é exibido na Cine Fest Brasil – Canudos.

O Cine Fest Brasil – Canudos está de volta! Em sua 8º edição, o festival, que conta com o patrocínio do BNDES, já se tornou um evento tradicional na cidade e retorna com uma nova safra de filmes nacionais, além das oficinas do B-a-bá do Cinema Nacional. A mostra em praça aberta acontece de 20 a 24 de maio,  trazendo para o povo canudense o que há de mais recente e de qualidade na cinematografia brasileira. Este ano, a curadoria _ formada por Luiz Dolino, Walter Lima Jr., Sergio Sá Leitão e Ricardo Cota_, selecionou dez filmes, entre longas e curtas, que se destacaram em 2014. No ultimo dia, também será exibido o curta “O Jornal”, produzido pelos alunos da oficina B-a-Bá do Cinema Nacional, direcionadas a alunos da rede publica de ensino de Canudos.

A seleção de longas conta com muitos sucessos da recente safra cinematográfica brasileira. O primeiro deles, abrindo o evento, será “O Duelo”, de Marcos Jorge, uma adaptação do romance “Os Velhos Marinheiros”, de Jorge Amado, que traz uma das últimas aparições do ator José Wilker no cinema. Tem também “Trinta”, de Paulo Machline, que fala sobre a vida do carnavalesco Joãsinho Trinta. Na linha documental, o escolhido foi “Democracia em preto e branco”, premiado documentário de Pedro Asbeg sobre o time Corinthians na época da ditadura militar. Para a criançada, a curadoria selecionou a animação “O menino e o mundo”, de Alê Abreu, fechando com a comédia sucesso de bilheteria, “Loucas pra Casar”, de Roberto Santucci.

Desde que chegou a Canudos, em 2008, o festival cruzou fronteiras e também vem atraindo público de outras cidades vizinhas, como Uauá e Monte Santo. O objetivo da Inffinito e do BNDES, que patrocina o evento desde sua 1ª edição, é contribuir para a democratização da cultura brasileira, apresentando à cidade filmes de qualidade que representem a diversidade da produção audiovisual brasileira. “Canudos faz parte da triste estatística de cidades brasileiras que ainda não possuem uma única sala de cinema. Poder promover essa experiência para eles é muito gratificante. Todo ano é uma emoção diferente”, diz Flávia Guimarães, organizadora do evento desde a 1ª edição.

Um dos principais frutos do festival foi a inauguração do Cineclube Inffinito de Canudos, que completa seis anos em 2015. São os próprios jovens moradores que coordenam a curadoria e a programação do espaço, que foi criado com o objetivo de dar oportunidade para os canudenses terem acesso e conhecerem de perto a sétima arte.

Além disso, mantendo o compromisso e a tradição de dar atenção especial à formação no segmento audiovisual, desde sua segunda edição, o Cine Fest Brasil – Canudos promove gratuitamente as oficinas do B-a-Bá do Cinema Nacional. Direcionadas aos alunos da rede publica de ensino de Canudos, nesta edição as aulas vão de 4 a 16 de maio. Durante esse período, os alunos formaram uma verdadeira equipe de cinema para produzir o curta metragem “O Jornal”, divididos em diversos departamentos: Figurino (prof. Nina Monteiro), Arte e Efeitos Especiais (prof. Paula Dager), Câmera e Fotografia (prof. Bruno Veiga) e Interpretação (prof. Zé Alex). O resultado poderá ser conferido no ultimo dia da mostra em praça aberta.

BNDES

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) há oito anos patrocina o Cine Fest Brasil-Canudos, reafirmando seu comprometimento com a promoção da cultura e do desenvolvimento do país. Além da iniciativa de levar o cinema e a alfabetização audiovisual para uma região tão rica em histórias e potencialidades como Canudos, o patrocínio ao evento também deixa um importante legado: a fundação de um cineclube, que leva cultura não só para a cidade, mas para toda a região. A continuidade e o crescimento do Cine Fest Brasil – Canudos simbolizam o entusiasmo do BNDES com a força do cinema brasileiro e o povo de Canudos.

INFFINITO

A Inffinito é referência na realização de eventos culturais e na produção audiovisual. Criadora do Circuito Inffinito de Festivais, marca consagrada há 19 anos, é pioneira na realização de Festivais de cinema brasileiro no exterior. Atua na produção e direção de filmes, conteúdo para televisão e eventos culturais, empresariais e institucionais, como shows, exposições e espetáculos. Realiza também projetos de caráter sociocultural, como o B-a-Bá do Cinema Nacional, Cinema da Gente e Ecocine & Expo Lamsa – Arte de Comunidade, constituídos por oficinas de capacitação profissional na área do audiovisual e de reciclagem. Da concepção à produção, da cenografia à execução de campanhas publicitárias, cada passo é pesquisado de forma minuciosa, garantindo o sucesso de nossas ações.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]