Deputado Carlos Geilson avalia votações sobre reforma política em trâmite no Congresso Nacional

Deputado Carlos Geilson analisa reforma política e elogia postura de Eduardo Cunha.
Deputado Carlos Geilson analisa reforma política e elogia postura de Eduardo Cunha.
Deputado Carlos Geilson analisa reforma política e elogia postura de Eduardo Cunha.
Deputado Carlos Geilson analisa reforma política e elogia postura de Eduardo Cunha.

“Cada um defende o que melhor se aprouver”, afirmou o deputado estadual Carlos Geilson na tarde desta quarta-feira (27/05/2015), na Assembleia Legislativa da Bahia, ao falar sobre a votação da proposta de emenda à Constituição da reforma política (PEC 182/07, do Senado). O parlamentar ainda elogiou a coragem do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), em colocar a reforma em pauta, mesmo sendo derrotado em suas pretensões.

Para o deputado, o Partido dos Trabalhadores (PT), por exemplo, defende o voto em lista fechada, porque é o partido que tem um número forte e bastante conhecido, assim seria “beneficiado” com este sistema. O PSDB apoia o voto distrital misto, porque entende que lhe contempla. Já o PMDB, que tem hipoteticamente os políticos mais ricos do congresso, defende o “distritão”, que elege os mais votados. E o menores, por sua vez, apoiam o sistema já instaurado.

Par o deputado, nenhum sistema colocado em pauta, ontem, teve maioria, porque cada um era questionado por alguma incongruência. “Todo mundo que clama por mudanças, na hora de votar, opta pelos seus interesses. E não sou hipócrita, também faria o mesmo, pois não iria defender um sistema que não contemplasse meus anseios. Então, por via das dúvidas, melhor continuar como está”, frisou Geilson.

Sobre Carlos Augusto 9455 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).