Presidenta Dilma Rousseff presta solidariedade com famílias atingidas por deslizamentos em Salvador

Chuva torrencial afeta Salvador.
Chuva torrencial afeta Salvador.
Chuva torrencial afeta Salvador.
Chuva torrencial afeta Salvador.

A presidenta Dilma Rousseff prestou solidariedade e ofereceu a estrutura do governo federal para auxiliar a recuperação das áreas atingidas por deslizamentos de terra em Salvador. O último balanço, na tarde de hoje (27/04/2015), apontava que dez pessoas morreram a tragédia, causada pela forte chuva que atingiu a capital baiana na madrugada desta segunda-feira.

Por meio de nota à imprensa, Dilma disse tomar conhecimento dos deslizamentos de terra “com grande pesar”. Ela também informou ter conversado com o governador da Bahia, Rui Costa, e com o prefeito da capital baiana, Antônio Carlos Magalhães Neto, para prestar solidariedade aos familiares das vítimas.

“Coloquei o Ministério da Integração Nacional e a Defesa Civil, juntamente com os demais ministérios e as Forças Armadas à disposição para tomar todas as medidas de apoio ao povo baiano”, disse a presidenta.

Temporal mata 14 pessoas em Salvador

Quatorze pessoas morreram em decorrência do forte temporal que atingiu a cidade de Salvador na madrugada desta segunda-feira, segundo o Corpo de Bombeiros. Na região de Avenida San Martin, um imóvel desabou e matou sete – duas vítimas chegaram a ser resgatadas com vida, mas não resistiram aos ferimentos. No Marotinho, no bairro Bom Juá, outros sete corpos foram encontrados.

De acordo com informações da Defesa Civil de Salvador (Codesal), na região de Alto Peru, no bairro de San Martin, choveu 198 milímetros somente nas últimas 24 horas – a média para o mês de abril é de 309 milímetros. O prefeito de Salvador, ACM Neto, convocou uma reunião de emergência no Palácio Thomé de Souza, sede da prefeitura, nesta segunda-feira, para avaliar o impacto das chuvas com secretários e dirigentes de órgãos.

Segundo a Defesa Civil de Salvador, o órgão recebeu 157 notificações entre a meia noite e as 15h30 horas desta segunda-feira. Na capital baiana, houve 92 deslizamentos de terra. No total, foram 28 desabamentos, sendo dez de muros, seis de imóveis, além de uma obra e onze desabamentos parciais. Outros catorze imóveis estão alagados.

O Hospital Santo Antônio ficou parcialmente alagado. Os pacientes que estavam internados nos locais tomados pela água foram transferidos para outras alas e unidades de saúde. Por meio de nota, a prefeitura de Salvador informou que realiza uma operação com 500 servidores para atuar nos locais afetados. A prefeitura disponibilizou locais para receber as famílias desabrigadas. O governo do estado colocou todo o efetivo da Polícia Militar da Bahia e o Corpo de Bombeiros no atendimento às vítimas das chuvas.

*Com informações da revista Veja.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108248 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]