Operação vai remover moradores de áreas de risco em Salvador

Bairro do São Caetano em Salvador é atingido por intensa chuva.
Bairro do São Caetano em Salvador é atingido por intensa chuva.
Reunião da Secretaria de Segurança Pública para tratar sobre a chuva em Salvador.
Reunião da Secretaria de Segurança Pública para tratar sobre a chuva em Salvador.

Com a prioridade de convencer as famílias que residem em locais de risco em Salvador a abandonarem suas casas, será iniciada nesta quarta-feira (29/04/2015) uma operação conjunta para fazer frente às chuvas previstas para os próximos dias. Com esse objetivo foi criada uma força-tarefa envolvendo órgãos da prefeitura e forças de segurança estaduais e federais durante reunião, na tarde desta terça-feira (28), no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), da Secretaria de Segurança Pública (SSP), localizado no Parque Tecnológico da Bahia.

O processo de convencimento das famílias será feito por assistentes sociais da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e da Secretaria de Promoção Social da Prefeitura, além de equipes do Exército. Com o suporte de quatro caminhões, os militares vão transportar também os móveis, eletrodomésticos e outros pertences das pessoas que aceitarem sair das casas condenadas por engenheiros da Defesa Civil.

Durante a reunião, coordenada pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, também se discutiu a necessidade de se estabelecer protocolos de trabalho integrado. “Temos que ter precaução com essas situações de risco e estabelecer protocolos de serviço que poderão ser utilizados em casos semelhantes. As polícias Militar, Civil e Técnica e o Corpo de Bombeiros estão com os efetivos em alerta para auxiliar no resgate ou em qualquer outra demanda”, informou Barbosa.

O secretário colocou ainda à disposição da Prefeitura de Salvador a estrutura do CICCR, onde as equipes da polícia fazem um monitoramento 24 horas dos locais de risco. “Nesse momento temos de unir esforços para ajudar as comunidades atingidas”. Segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta quinta (30) haverá um volume de água superior ao registrado na segunda (27).

Escolta

A PM vai escoltar as instituições envolvidas na operação, com o mesmo padrão adotado no deslocamento feito pelas delegações das seleções na Copa do Mundo Fifa 2014. “Precisamos chegar rápido nas zonas atingidas e garantir que o atendimento seja no menor tempo possível”, ressaltou Barbosa.

Compondo a mesa da reunião, o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, destacou que os locais que tiveram registro de roubos, durante o congestionamento do trânsito, receberão reforço. Ele garantiu ainda que o Grupamento Aéreo da PM (Graer) está disponível para dar apoio às instituições municipais para o mapeamento de áreas de risco e resgate de vítimas.

Integrantes das polícias Civil e Técnica e dos Bombeiros, além de representantes da Defesa Civil Federal, Estadual e Municipal e do Exército, também participaram da reunião e farão parte da ação integrada. As equipes vão se encontrar nesta quarta (29), às 8h30, na Defesa Civil de Salvador (Codesal), de onde partem para os locais apontados como de risco.

Áreas de risco serão evacuadas por orientação de técnicos

O governador Rui Costa fez um apelo, nesta terça-feira (28), aos moradores de locais, com riscos de desabamentos e deslizamentos de terra, em Salvador e cidades do interior. Ele solicita que as áreas ameaçadas sejam evacuadas conforme a orientação de técnicos envolvidos nas ações para reduzir os danos relacionados à chuva. De acordo com o governador, os desabrigados podem contar com a estrutura e amparo disponibilizadas aos municípios pelos governos federal e estadual.

“Peço que a população compreenda e colabore com o trabalho das equipes que visitarão as zonas ameaçadas. O desejo de todas as instâncias é salvar vidas. Essas pessoas podem ter certeza que não ficarão desamparadas e nos colocamos, todos aqui, à disposição para distribuição de aluguéis sociais e locais para abrigar quem precise deixar seus imóveis”, conclamou o governador.

Mais cedo, Rui sobrevoou a capital baiana acompanhado do ministro da Integração, Gilberto Occhi, e do prefeito de Salvador, ACM Neto, para avaliar os impactos da chuva que atinge a cidade e mapear as áreas mais críticas. Em seguida, eles se reuniram no gabinete do governador e, juntos, concederam uma entrevista à imprensa na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Na ocasião, o ministro reafirmou a mensagem de solidariedade da presidente Dilma Rousseff às vítimas e desabrigados, além do reforço de homens do Exército Brasileiro no resgate de pessoas em áreas de risco. O trabalho é realizado juntamente com bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil municipal, estadual e federal. Os desabrigados também receberão kits humanitários, de limpeza pessoal e dormitório.

Bairro do São Caetano em Salvador é atingido por intensa chuva.
Bairro do São Caetano em Salvador é atingido por intensa chuva.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106780 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]