Deputado Carlos Geilson quer que Comissão de Saúde ouça gestores do HGCA e ex-secretário Jorge Solla

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Vista aérea do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Denuncias de corrupção atingem órgão.
Vista aérea do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Denuncias de corrupção atingem órgão.
Vista aérea do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Denuncias de corrupção atingem órgão.
Vista aérea do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Denuncias de corrupção atingem órgão.

“Eu tenho por lema nunca julgar ninguém sem que haja uma prova concreta. Mas sempre que existirem suspeitas, eu acho que os envolvidos devem se pronunciar”, afirmou o deputado estadual Carlos Geilson em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia, nesta segunda-feira (06/04/2015). O parlamentar estava se referindo aos acusados, pelo Ministério Público, de fraude milionária no Hospital Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana.

De acordo com o jornal feirense, Folha do Estado, os gestores do HGCA, José Carlos Pitangueira e Alexandre Silva Dumas estão sendo investigados pelo Ministério Público, sob suspeita de irregularidade na execução do Mutirão de Cirurgia de Varizes, que aconteceu entre setembro de 2013 e maio de 2014.

O custo das cirurgias foge da realidade: foram gastos mais de R$ 15 milhões em materiais cirúrgicos. Neste período foram atendidos uma média de 450 pacientes, levando-se em consideração o serviço era quinzenal e eram atendidas cerca de 50 pessoas por mês, e sempre aos domingos. “Se uma cirurgia dessas custa de 3 a 5 mil reais em clínicas particulares, logo, os gastos não chegariam a 3 milhões”, calcula Geilson.

O deputado disse que vai apresentar requerimento na Comissão de Saúde, para que o secretário de Saúde da época, Jorge Solla, assim como os gestores acusados, possam vir à Assembleia para esclarecer os altos custos com as cirurgias. “Nós temos que ter o cuidado de ouvir essas pessoas. Não vamos acusar de desvios de recursos, mas é uma situação que precisa de averiguação. Os valores gastos são absurdos, tudo é nebuloso, tudo é suspeito. E o que eu cobro é uma explicação destas pessoas envolvidas”, frisou Carlos Geilson.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121762 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.