Suíça bloqueia R$ 1,3 bilhão de contas de investigados na Lava Jato

Sistema judicial Suíço colabora com sistema judicial brasileiro.
Sistema judicial Suíço colabora com sistema judicial brasileiro.
Sistema judicial Suíço colabora com sistema judicial brasileiro.
Sistema judicial Suíço colabora com sistema judicial brasileiro.

O Ministério Público da Suíça anunciou hoje (18/03/2015) o bloqueio de R$ 1,3 bilhão de empresas e pessoas envolvidas na Operação Lava Jato. O valor é equivalente a US$ 400 milhões. O bloqueio faz parte de um acordo de cooperação com o Ministério Público Federal, responsável pela investigação.

De acordo com as autoridades suíças, foram localizadas 300 contas, nas quais houve movimentação de milhões de dólares por ex-diretores da Petrobras e executivos das empreiteiras investigadas. Até o momento, R$ 390 milhões (US$ 120 milhões) foram repatriados.

Na semana passada, a Procuradoria-Geral da República anunciou a repatriação de R$ 139 milhões pertencentes ao ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco. O dinheiro estava depositado em contas na Suíça e foi transferido para uma conta da Justiça Federal em Curitiba, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato na primeira instância.

Recentemente, os investigadores localizaram também, na Suíça, depósitos do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque. Ele foi preso segunda-feira (16), porque transferiu 20 milhões de euros da Suíça para Mônaco, em uma possível tentativa de esconder o dinheiro dos investigadores da Lava Jato. A defesa de Duque nega recebimento de propina e que ele tenha contas secretas no exterior.

*Com informações da  Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116922 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.